Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Esportes

Esportes » Alemanha se torna a primeira europeia campeã nas Américas

Futebol

Esportes

Copa 2014

Alemanha se torna a primeira europeia campeã nas Américas

Sete Mundiais haviam sido disputados no continente: o Brasil conquistou três títulos, contra dois da Argentina e dois do Uruguai

0

Diego Salgado e Rafael Fiuza ,
O Estado de S. Paulo

13 Julho 2014 | 18h36

A seleção da Alemanha quebrou uma marca de 84 anos neste domingo, no Maracanã, ao conquistar o quarto título mundial da sua história ao bater a Argentina por 1 a 0. Pela primeira vez em 20 edições da Copa do Mundo, uma equipe da Europa conseguiu ser campeã no continente americano. No total, sete Mundiais haviam sido disputados nas Américas. O Brasil conquistou três títulos (1962, 1970 e 1994), enquanto Argentina e Uruguai ficaram com a taça em duas oportunidades cada - os argentinos em 1978 e 1986, e os uruguaios em 1930 e 1950.

Em 1930, na primeira edição da Copa do Mundo, disputada no Uruguai, as seleções argentina e uruguaia decidiram o título, com vitória do time da casa por 4 a 2. Vinte anos depois, mais uma decisão entre times sul-americanos, com nova vitória do Uruguai (2 a 1 sobre o Brasil, no Maracanã).

Em 1962, no Chile, o Brasil conquistou o bicampeonato ao bater a Checoslováquia por 3 a 1 em Santiago. Depois de oito anos, a seleção brasileira sagrou-se campeão em território mexicano, em mais um confronto contra uma seleção europeia - vitória por 4 a 1 sobre a Itália.

A Argentina, por sua vez, venceu a Holanda por 3 a 1 (também na prorrogação) e conseguiu ser campeão em casa. A seleção argentina, oito anos depois, voltou à glória. Na ocasião, o time derrotou o algoz deste domingo, a Alemanha, por 3 a 2. Na última Copa disputada no continente americano antes de o Brasil receber a competição, o Brasil faturou o tetracampeonato sobre a Itália, ao empatar sem gols e vencer nos pênaltis por 3 a 2. A decisão foi disputada em Los Angeles.

TETRA

O cenário de 1994 e 2006 era parecido com o deste domingo. Nas Copas dos Estados Unidos e da Alemanha, o campeão do mundo venceu na decisão por pênaltis, depois de 24 anos de jejum. O fato ocorreu com Brasil e Itália, respectivamente A seleção alemã, entretanto, conseguiu quebrar a escrita ergueu a taça da Copa do Mundo com um gol de Götze aos oito minutos do segundo tempo da prorrogação.

CAMINHO INVERSO

Se na América, a Alemanha conquistou um feito que perdurava 84 anos, na Europa, o domínio não durou muito tempo. O primeiro título mundial conquistado pelo Brasil, em 1958, na Suécia, foi também inédito para um país sul-americano no continente europeu. Apenas três Copas haviam sido disputadas antes, na Europa. Itália, França e Suíça, em 1934, 1938 e 1954, respectivamente, receberam a Copa do Mundo e viram a Itália (2x) e Alemanha acabarem campeãs. 

A história recente da Copa ainda mostra a permanência do troféu entre países sul-americanos e europeus, mesmo quando o título é disputado em continente neutro. Na última Copa do Mundo, realizada na África, Espanha conquistou o primeiro título mundial ao vencer a Holanda, na prorrogação. Oito anos antes, o torneio foi recebido por japoneses e sul-coreanos, mas foram os brasileiros que saíram vencedores, em 2002.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.