Carlos Insaurriaga/GE Brasil
Carlos Insaurriaga/GE Brasil

América-MG não aproveita tropeço do Inter e só empata com Brasil-RS

Jogo pela Série B, no Estádio Bento Freitas, terminou sem gols

Estadão Conteúdo

17 Outubro 2017 | 23h06

O América-MG não soube aproveitar o tropeço do Internacional em Varginha para diminuir a vantagem do líder. Nesta terça-feira, a equipe ficou apenas no empate sem gols na noite com o Brasil de Pelotas, no Estádio Bento Freitas, pela 30.ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

+ Em partida ruim, Boa e Internacional empatam sem gols em Varginha

Sem vencer há dois jogos, o Brasil chegou aos 38 pontos e está na zona intermediária da tabela, mas ainda corre risco de rebaixamento para a Série C. Por outro lado, o América-MG aumentou a sequência invicta para três partidas e segue na vice-liderança, com 55 pontos, cinco a mais que o Vila Nova, primeiro time fora do G4, e a três do Inter.

O primeiro tempo foi bastante equilibrado. Ligeiramente melhor, o Brasil levou perigo em finalizações de Misael e Lincom. Já o América-MG respondeu com Renan Oliveira e Bill. Em ambas as vezes, o goleiro Marcelo Pitol precisou fazer boas defesas.

Na volta do intervalo, o América-MG tinha mais posse de bola, mas o Brasil acordou depois de Cassiano balançar o travessão de João Ricardo em uma cabeçada forte. Empurrado pela torcida, o time gaúcho parou novamente na trave com Leandro Leite, e depois Juninho perdeu uma chance cara a cara com o goleiro adversário.

Aos 39 minutos, Edno soltou a bomba em falta de longa distância e Marcelo Pitol espalmou para escanteio. Esse foi o último lance de perigo do jogo.

Os dois times voltam a campo no sábado, pela 31.ª rodada. O Brasil de Pelotas enfrenta o Santa Cruz, às 17h30, no Bento Freitas, em Pelotas. Já o América-MG recebe o Paraná, às 19 horas, no Independência, em Belo Horizonte.

FICHA TÉCNICA

BRASIL-RS 0 X 0 AMÉRICA-MG

BRASIL-RS - Marcelo Pitol; Éder Sciola, Nirley, Leandro Camilo e Breno; Leandro Leite, João Afonso, Elias (Cassiano), Calyson e Misael (Juninho); Lincom. Técnico: Clemer.

AMÉRICA - João Ricardo; Norberto, Messias, Rafael Lima e Ernandes; Zé Ricardo, Juninho, Renan Oliveira (Neto Moura) e Matheusinho (Felipe Amorim); Luan e Bill (Edno). Técnico: Enderson Moreira.

ÁRBITRO - Paulo Schleich Vollkopf (MS).

CARTÕES AMARELOS - Leandro Leite, Nirley e João Afonso (Brasil-RS); Rafael Lima e Zé Ricardo (América-MG)

RENDA - R$ 35.920,00.

PÚBLICO - 4.221 torcedores.

LOCAL - Estádio Bento Freitas, em Pelotas (RS).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.