Ivan Storti/Santos FC
Ivan Storti/Santos FC

Ansioso por retorno ao Santos, Sasha minimiza reencontro com Luan

"Vou enfrentar o Grêmio, e não apenas um jogador. Quando eu encontrar ele, vou cumprimentar normal, olhar no olho dele, como sempre faço com qualquer pessoa"

Estadão Conteúdo

04 Maio 2018 | 16h22

De volta ao time do Santos, após se recuperar de lesão, o atacante Eduardo Sasha fará seu retorno ao time neste domingo, em Porto Alegre, onde morou quando defendia o Internacional. O adversário será o Grêmio, quando deve reencontrar o atacante Luan, com quem protagonizou provocações nos últimos anos.

+ Confira a tabela do Campeonato Brasileiro

"Vou enfrentar o Grêmio, e não apenas um jogador. Quando eu encontrá-lo, vou cumprimentar normalmente, olhar no olho dele, como sempre faço com qualquer pessoa. Da minha parte, vai ser isso", disse Sasha, ao se esquivar de pergunta sobre o reencontro com o gremista.

No entanto, em outra pergunta dos jornalistas, Sasha não evitou responder sobre o que faria se faturasse um título pelo Santos - ele recebeu provocações de Luan quando o Grêmio levantou troféus recentemente. "Geralmente, a gente costuma se lembrar das pessoas que amamos nesses momentos de comemoração. Eu não o amo nem ao menos gosto dele. Então, com certeza eu iria lembrar dos meus familiares. Esse seria o meu recado", disse o santista.

De volta à Arena Grêmio, mas desta vez com a camisa do time paulista, o atacante espera ser recebido com ofensas por parte das arquibancadas no domingo. "Com certeza espero muitas ofensas lá pela questão de ter jogado no rival Internacional", declarou Sasha.

Apesar disso, o atacante se diz empolgado por jogar. Afinal, perdeu os dois últimos jogos do Santos, ambos pela Copa Libertadores. "Estou feliz de poder estar treinando e voltar a jogar. Estou bem motivado para o próximo jogo e para a minha volta. Acabei levando aquela pancada no tornozelo, deu uma inflamação, nada demais. Acabei ficando fora de dois jogos importantes. Não queria perder, não tinha como jogar. Mas já está 100% recuperado."

Para o jogo, Sasha admitiu que a boa fase do Grêmio preocupa. "Todo mudo sabe da fase que o Grêmio vem jogando, tem uma base de anos, tem entrosamento. É um time que vem numa fase muito boa. Temos de entrar em campo ligados durante os 90 minutos para quem possamos sair de lá com a vitória."

Com um jogo a menos na tabela, porque não entrou em campo na rodada passada, o Santos soma três pontos após dois jogos disputados. O Grêmio tem quatro e deve atuar com time completo, após poupar titulares no fim de semana passado.

Mais conteúdo sobre:
futebol Santos Futebol Clube

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.