1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Ansioso, William Matheus festeja sequência no Palmeiras

AE - Agência Estado

11 Julho 2014 | 19h 44

Lateral começou ano na reserva e será titular com Ricardo Gareca

O Palmeiras volta a jogar pelo Campeonato Brasileiro na próxima quinta-feira no clássico contra o Santos, fora de casa, pela 10.ª rodada, e quem comemora é o lateral-esquerdo William Matheus, que já não via a hora de dar sequência à sua série de jogos como titular da lateral esquerda do clube alviverde. Desde o início da competição na equipe principal, o jogador espera repetir as boas atuações agora sob o comando do técnico argentino Ricardo Gareca.

"No começo do ano, eu tive poucas oportunidades. Contra o Botafogo (pelo Campeonato Paulista), eu não joguei bem. Na época, eu assumi, deu tudo errado naquele dia. A partir do momento em que eu tive uma sequência com o Alberto (Valentim, auxiliar-técnico), o que não estava acontecendo antes eu procurei agarrar da melhor maneira. Consegui ajudar nas assistências, estou me sentindo muito bem e espero que eu continue ajudando o grupo", disse, em entrevista coletiva nesta sexta, na Academia de Futebol.

Com 11 jogos no total nesta temporada, William Matheus fez um gol (contra o Paulista, pelo Estadual) e deu três assistências (duas contra o Goiás e uma contra o Figueirense, ambas pelo Brasileirão). E ele não queria este descanso forçado, de cerca de 45 dias, por causa da realização da Copa do Mundo.

Cesar Greco/Agência Palmeiras
William Matheus vai assinar com o Toulouse

"Até brinquei que, naquele momento, que eu não queria essa folga (risos). Eu estava com ritmo de jogo, me sentindo bem, mesmo estando sem ritmo, afinal havia cinco meses que eu não jogava. Quando comecei a jogar, teve essa parada. A gente precisa de ritmo de jogo, do calor da torcida... Os jogos valendo três pontos contam bastante. Se o professor optar por me colocar contra o Santos, procurarei ter a mesma boa sequência que estava tendo", afirmou.

TIME

Nesta sexta, o time realizou mais uma treinamento coletivo. O time titular foi Fábio; Wendel, Wellington, Marcelo Oliveira e William Matheus; Renato, Josimar, Mendieta e Valdivia; Leandro e Diogo. Os desfalques foram os argentinos Tobio e Mouche, dispensados antes do fim da movimentação para resolver detalhes burocráticos, e Wesley, que sofreu uma leve entorse no joelho esquerdo.

O zagueiro Lúcio e o atacante Henrique estão trabalhando na equipe reserva nestes treinamentos porque estão suspensos do clássico contra o Santos com três cartões amarelos. Ricardo Gareca, como de praxe, paralisou a atividade algumas vezes e passou várias orientações aos seus atletas, sobretudo sobre marcação e bolas paradas. O volante Renato, em arrancadas e passes de transição, e o atacante Leandro, na chegada à frente e nos arremates, foram os destaques.

Neste sábado pela manhã, o Palmeiras realiza mais um jogo-treino nesta intertemporada. Será contra o Red Bull Brasil, na Academia de Futebol. Até o momento, o time disputou jogos-treino contra Barueri (8 a 1), Juventus (2 a 1), Guarani (0 a 2), Paulista (3 a 1) e Ponte Preta (1 a 0). Os três primeiros foram realizados durante o período em Atibaia (SP).