Paulo Fernandes/Vasco.com.br
Paulo Fernandes/Vasco.com.br

Antes do 100º jogo pelo Vasco, Nenê celebra marca e mira vaga na Libertadores

Meia está na terceira temporada pelo clube cruzmaltino, tendo sido rebaixado com o clube no Brasileirão de 2015

O Estado de S.Paulo

11 Maio 2017 | 15h42

A estreia do Vasco no Campeonato Brasileiro será um jogo especial para Nenê. O compromisso do próximo domingo com o Palmeiras, no Allianz Parque, será a centésima partida do meia pelo clube carioca, uma sequência iniciada em agosto de 2015 e na qual se tornou ídolo da torcida. Prestes a alcançá-la, ele celebrou a marca.

"É uma marca muito bonita. Fico orgulhoso de poder chegar a esse número em um clube da grandeza do Vasco, ter números excelentes para um meia, gols e assistências. Fico feliz em estar chegando a essa marca. Espero que seja com um grande jogo, que seja mais ainda especial", afirmou.

Em 2015, Nenê não conseguiu evitar o rebaixamento do Vasco no Campeonato Brasileiro. Mas depois viveu momentos marcantes, como ele próprio enumerou nesta quinta-feira. "O título carioca invicto foi um dos momentos mais marcantes. A sequência de 34 jogos sem perder, a partida contra o Flamengo no Maracanã em que fiz o gol da vitória. Posso citar esses três momentos", destacou.

O Vasco chega ao Brasileirão sob desconfiança, afinal, nos primeiros meses de 2017, foi eliminado precocemente na Copa do Brasil e não se classificou à final da Campeonato Carioca, embora tenha faturado a Taça Rio. Mas Nenê promete que o time será competitivo no retorno à elite do futebol nacional e mira uma vaga na próxima edição da Copa Libertadores. "Estamos visando ficar entre os cinco primeiros, classificar para a Libertadores. A equipe tem qualidade. Espero que possamos dar essa alegria para o torcedor", comentou.

Mais conteúdo sobre:
Vasco futebol Vasco Nenê

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.