Divulgação/Avaí
Divulgação/Avaí

Após atrito com empresário, Corinthians desiste de Júnior Dutra e mira Roger

Atacante do Botafogo está nos planos e clube se irrita com a postura de representantes do atleta do Avaí

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

26 Outubro 2017 | 07h00

Reforço praticamente certo para o Corinthians no ano que vem, o atacante Júnior Dutra, do Avaí, não deve mais defender o clube paulista. A postura dos representantes do jogador irritou a diretoria corintiana, que decidiu dar por encerrada as negociações com o atleta. Em busca de outra opção para o ataque, o clube monitora a situação de Roger, do Botafogo

+ Roberto de Andrade e Jô elogiam postura da torcida após reunião no Corinthians

"Não existe nenhuma negociação com o Dutra. O Roger, nós conversamos há meses e agora vamos aguardar os representantes dele para saber se vão renovar com o Botafogo", explicou o presidente do Corinthians, Roberto de Andrade. 

O Estado apurou que o acerto com Júnior Dutra já estava por detalhes e que os dirigentes até já trocavam minutas do contrato, mas o Corinthians desistiu do negócio por se irritar com a postura dos representantes do atleta, que deram entrevistas falando abertamente sobre a negociação e também fizeram exigências que a diretoria alvinegra considerou exagerada para um atleta que, inicialmente, viria apenas para compor elenco e não para ser protagonista. 

+ Corinthians Sub-17 leva mais de 11 mil torcedores à Arena

Em relação a Roger, o atacante se recupera de uma cirurgia para a retirada de um tumor no rim e não deve voltar aos gramados nesta temporada. O jogador ainda tem contrato com o Botafogo até dezembro e já discutia uma possível renovação de contrato quando descobriu o problema de saúde.

+ Organizada do Corinthians vai ao CT e faz reunião com atletas e diretoria

O Corinthians manifestou interesse no atacante, mas espera ele definir o futuro com o Botafogo. A contratação de um centroavante está entre as prioridades para o ano que vem. Jô, embora tenha propostas para sair, deve ficar pelo menos para a disputa da Libertadores, caso o clube confirme a classificação para o torneio continental. 

 

Mais conteúdo sobre:
Roberto de Andrade Corinthians

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.