1. Usuário
Assine o Estadão
assine
Copa 2014

Após carinho em casa, 'croata' Sammir mira vaga no time

Fernando Faro - Agência Estado

08 Junho 2014 | 11h 21

Ele tem a concorrência de Rakitic e Modric, os jogadores mais badalados do país, mas acredita que ainda pode ser um dos titulares

Quando saiu do banco de reservas do Estádio de Pituaçu, em Salvador, para entrar em campo no amistoso contra a Austrália, na última sexta-feira, 6, Sammir realizou o sonho de jogar profissionalmente pela primeira vez no estado em que nasceu. Natural de Itabuna (BA), o brasileiro precisou atravessar o Oceano Atlântico e desembarcar na Croácia para conquistar seu lugar no futebol.

Naturalizado croata desde 2012, ele teve apenas cinco jogos para superar as dúvidas e conquistar a confiança dos companheiros e do técnico Niko Kovac. Agora, ele procura um lugar na equipe justamente no setor mais disputado. Meia-atacante, ele tem a concorrência de Rakitic e Modric, os jogadores mais badalados do país, mas acredita que ainda pode estar entre os 11 no dia da estreia contra o Brasil, no próximo dia 12, no Itaquerão, em São Paulo.

Divulgação
Sammir acredita que ainda pode estar entre os titulares

"Quem sabe? Ainda temos uma semana pela frente e sei que são grandes jogadores, de equipes como Real Madrid e Sevilla, mas tenho que me manter focado no meu trabalho para quem sabe surpreender e conseguir uma vaga", afirmou.

Ao menos nos treinos, ele tem deixado uma ótima impressão nos companheiros e também na comissão técnica. Niko Kovac, técnico que o deixou de fora das primeiras convocações, não esconde a empolgação com Sammir.

"Eu não tinha uma relação próxima com ele. Antes de conhecê-lo como técnico só ouvia falar do que era escrito sobre ele. Trabalhando no dia a dia vi que ele é exatamente o oposto, não fala muito mas treina muito forte e no amistoso contra a Áustria ele foi muito bem. Ficamos muito felizes que ele pôde fazer um grande jogo ontem (última sexta-feira, 6) diante de seus familiares", disse o treinador.

Kovac se refere ao rótulo de jogador problemático que Sammir carrega. Em 2013, foi afastado pelo Dínamo de Zagreb "por causa das repetidas demonstrações de desrespeito para com o clube e seus companheiros de equipe", como criticou duramente diretor do clube, Zoran Mamic. À época ele era acusado de promover festas mesmo perto de jogos importantes.

Antes de chegar ao Dínamo, Sammir perambulou por clubes do Brasil como Atlético-MG e São Caetano, sem grande destaque. No Leste Europeu conquistou seu espaço e impressionou tanto nos trabalhos de preparação que tem arrancado elogios até de jogadores mais experientes. 

"Foi o jogo mais especial da minha carreira, pela primeira vez na minha vida joguei na frente da minha família e estou feliz que eles vieram para o meu jogo", disse o jogador, que tem outro brasileiro como companheiro: Eduardo da Silva, com passagens por Arsenal e Shakhtar Donetsk.

Por enquanto Sammir ainda não conseguiu se firmar entre os titulares, mas tem a esperança de conseguir convencer Kovac de que pode ser uma arma útil especialmente no primeiro jogo, justamente contra o Brasil, na estreia da Copa

"Ainda temos uma semana para estar a 100% e ganhar pelo menos um ponto. Temos a qualidade dos nossos jogadores, muitos que atuam em grandes clubes e têm a experiência. A pressão estará com o Brasil", destacou.

Copa 2014

Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo