1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail

Após derrota, Eduardo Baptista pede rápida reação no Fluminense

- Atualizado: 01 Fevereiro 2016 | 10h 00

O Fluminense foi surpreendido em sua estreia no Campeonato Carioca e caiu diante do Volta Redonda por 3 a 1 no último domingo, no Raulino de Oliveira. A atuação, como era de se esperar, revoltou a torcida e deixou o técnico Eduardo Baptista bastante insatisfeito. Agora, ele só quer saber de pensar na reação.

"Nosso primeiro tempo foi ruim, apático. As coisas não saíram. Faltou agressividade, aparecer para jogar e acabamos levando os gols. No segundo tempo, voltamos melhor, criando, em cima. Infelizmente tivemos a expulsão, mas continuamos tentando. Na avaliação geral, foi muito ruim. Só nos resta dar a volta por cima, trabalhar, ver o que deu errado e tentar consertar para quarta-feira", declarou.

Foi a segunda derrota do Fluminense em duas partidas oficiais em 2016 - a outra foi para o Atlético-PR pela Liga Sul-Minas-Rio. E nem a estreia do zagueiro Henrique melhorou o desempenho defensivo da equipe. Pelo contrário, o jogador não foi bem e ainda acabou expulso. Um cenário bastante negativo, que fez Eduardo Baptista ficar tentando encontrar pontos positivos na atuação de seus comandados.

"Nós brigamos, encontramos uma defesa forte na bola parada. Tivemos umas chances de gols, mas não convertemos. Tivemos esse domínio e temos de converter em gols, sendo com bola parada ou rolando. Precisamos corrigir isso", avaliou.

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em EsportesX