John Raoux/AP
John Raoux/AP

Após estrear nos EUA com gol na MLS, Kaká festeja noite 'incrível'

Brasileiro garante empate por 1 a 1 do Orlando City e comemora

Estadão Conteúdo

09 Março 2015 | 09h38

O meia Kaká classificou como "incrível" a sua partida de estreia na MLS, a principal liga de futebol dos Estados Unidos. Na noite de domingo, o brasileiro fez o gol que garantiu o empate do Orlando City por 1 a 1 con o New York City, em casa, no Citrus Bowl, em duelo acompanhado por 62.510 espectadores.

"O resultado não foi o que queríamos, mas tudo o que aconteceu hoje foi incrível de verdade", destacou Kaká. "Temos muito a melhorar e vamos fazê-lo, mas esse foi um dia especial para todos neste clube". 

O duelo recebeu o segundo maior público em uma primeira partida de um estádio na MLS, atrás apenas dos 69.255 espectadores que deram esse recorde ao Rose Bowl em 1996. 

Com passagens marcantes por São Paulo e Milan, Kaká quase teve uma estreia com gosto amargo, já que o Orlando City perdia o jogo até os minutos finais, graças ao gol marcado por Diskerud, que chutou com categoria após receber passe do espanhol David Villa, grande estrela do New York City.

Porém, Kaká contou com a sorte para brilhar. Em cobrança de falta já nos instantes finais do segundo tempo, a bola desviou na barreira e foi no contrapé do goleiro Saunders, que nada pôde fazer. Kaká volta a jogar pelo Orlando City na próxima sexta-feira, quando sua equipe visita o Houston Dynamo pela segunda rodada da MLS.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.