1. Usuário
Assine o Estadão
assine
Copa 2014

Após exame, CBF diz que não foi constatada lesão em David Luiz

Almir Leite e Sílvio Barsetti - Enviados especiais a Belo Horizonte - O Estado de S. Paulo

27 Junho 2014 | 21h 14

Zagueiro continua tratamento contra dores nas costas; Felipão vai esperar até minutos antes do jogo para confirmá-lo na equipe

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) informou que o zagueiro David Luiz, dúvida para o confronto entre Brasil e Chile, não teve nenhuma lesão diagnosticada. Em nota, a entidade diz que "David Luiz queixou-se de dor na região dorsal durante e após atividade desta manhã. Fez ressonância magnética e nada foi acusado. O atleta segue em tratamento". 

Antes de David Luiz ser levado a um hospital em Belo Horizonte, um representante da comissão técnica disse ao Estado que não daria “para garantir que ele vai jogar (no sábado)", apesar da melhora no quadro em relação à quinta-feira.

Com o trânsito intenso de Belo Horizonte, David Luiz só conseguiu chegar ao hotel onde a seleção está concentrada por volta das 17 horas, quando finalmente iria almoçar. Depois, daria prosseguimento ao tratamento, com massagens, compressa de gelo e medicação.

Silvio Barsetti/Estadão
David Luiz passou por uma ressonância no Hospital Mater Dei, na tarde desta sexta

O técnico Luiz Felipe Scolari só definirá momentos antes do jogo se irá escalar David Luiz. Se ele não jogar, Dante será o companheiro do capitão Thiago Silva na zaga da seleção brasileira.

David Luiz participou de apenas parte do treinamento realizado no Sesc de Venda Nova, bairro de Belo Horizonte. Esteve presente no treino tático, de cobranças de pênaltis, e depois foi poupado, pois as dores continuavam – queixou-se da lombalgia durante o treino de quinta-feira, na Granja Comary. Em seguida, foi ao Hospital Mater Dei, na região central, para fazer o exame. 

Ao deixar o hospital, o zagueiro usava um gorro, mas não procurou em nenhum momento esconder o rosto. Inicialmente, assustou-se com a presença da imprensa na porta. Mas, apesar de não abrir a janela, deixou-se fotografar sem qualquer resistência. Comentou alguma coisa com Lasmar e entendeu quando foi perguntado pelo Estado como estava se sentindo: “Está tudo bem", respondeu, fazendo o sinal de positivo. Mas admitiu não poder garantir que vai jogar.

Copa 2014