1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Após golear, Atlético-MG não se considera na final do Estadual

Agência Estado

24 Março 2014 | 09h 42

Time adota postura humilde e rechaça acomodação depois da vitória por 4 a 1 sobre o América

BELO HORIZONTE - A vitória por 4 a 1 sobre o América deixou o Atlético com a possibilidade de perder por até três gols de diferença no jogo de volta das semifinais do Campeonato Mineiro, no próximo domingo, para se garantir na decisão. Mesmo assim, os jogadores atleticanos preferiram adotar um discurso humilde e garantiram que o confronto ainda não está definido.

"Está encaminhada, mas não está garantida, até porque a gente tem que respeitar a equipe do América. Já vi casos assim no futebol, em que o outro time conseguiu reverter, então, temos que ter o pé no chão. É uma vantagem boa, mas não estamos classificados", disse o atacante Jô, autor do segundo gol do time no último domingo.

O meia Guilherme, que fez o terceiro gol do Atlético prometeu que os jogadores não vão se acomodar com a larga vantagem. "É um resultado que nos dá tranquilidade, mas não pode dar acomodação porque, no futebol, existe o respeito e tudo pode acontecer", comentou.

Guilherme, aliás, ganhou uma chance de última hora no Atlético, com a lesão de Ronaldinho Gaúcho, e foi um dos destaques da goleada. E ele celebrou por ter aproveitado mais uma oportunidade dada pelo técnico Paulo Autuori.

"Tenho tratado cada oportunidade como única. Fiquei de sobreaviso desde sábado, a nossa vida é assim, nosso contrato não diz a hora em que a oportunidade vai aparecer", concluiu.