1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Após invasão, Corinthians contrata seguranças particulares para o CT

Raphael Ramos - O Estado de S. Paulo

03 Fevereiro 2014 | 10h 17

Clube retoma as atividades nesta segunda-feira com reforço extra para evitar agressões

SÃO PAULO - O Corinthians voltou a treinar nesta segunda-feira pela manhã no CT do Parque Ecológico com cuidado redobrado. O clube contratou sete seguranças particulares, que ficaram na entrada do local para evitar novos episódios de violência como o do último sábado, quando cerca de 100 torcedores invadiram o último treino do time antes do jogo contra a Ponte Preta.

Nesta segunda-feira pela manhã o presidente do clube, Mário Gobbi, vai conceder entrevista coletiva e se pronuciar sobre a má fase da equipe. O Corinthians perdeu as últimas três partidas pelo Campeonato Paulista e após a goleada sofrida por 5 a 1 diante do Santos voltou a ter atuação apagada neste domingo, quando perdeu por 2 a 1 para a Ponte Preta, em Campinas. Para o jogo, aliás, os atletas cogitaram a não entrar em campo por temerem reações agressivas da torcida.

No estádio Moisés Lucarelli os corintianos presentes nas arquibancadas protestaram contra o time e xingaram os jogadores. Apesar do receio de novos episódios de violência, não havia movimento de torcedores nas proximidades do CT corintiano.