Divulgação/CBF
Divulgação/CBF

Após novos cortes, Vadão convoca mais três jogadoras para a seleção

Treinador chama Millene e Adriana, do Rio Preto, e Djenifer, do Iranduba

Estadão Conteúdo

17 Outubro 2017 | 19h42

O técnico Vadão precisou fazer mais três mudanças em sua lista original de convocadas da seleção brasileira feminina de futebol. Nesta terça-feira, ele chamou Millene e Adriana, do Rio Preto, e Djenifer, do Iranduba, para completar o elenco que vai disputar a Copa CFA, entre os dias 19 e 24 de outubro, na cidade chinesa de Chongqing.

O trio foi chamado para substituir as atacantes Debinha e Ludmilla. A primeira, que defende o New Corage (EUA), se recupera de uma lesão no cotovelo esquerdo, e vai dar lugar para a atacante Millene.

Ludmilla passa por problema burocrático na Espanha, onde joga. De acordo com a CBF, a jogadora não pode sair do país "devido à necessidade de documentações". Para a sua vaga, Vadão chamou a também atacante Adriana. Já a volante Djenifer, do Iranduba, foi chamada para completar o elenco.

Não é a primeira vez que Vadão precisa fazer ajustes em sua primeira convocação no seu retorno ao comando da seleção. Nas últimas semanas, ele chamou Letícia Santos e Rilany em razão dos cortes de Fabiana e Camila, ambas machucadas.

De volta à seleção, no fim do mês passado, Vadão fez a convocação no dia 29 de setembro, em meio à polêmica na equipe. Jogadoras experientes da equipe se revoltaram com a demissão de Emily Lima, que foi substituída por Vadão, e decidiram se aposentar da equipe. Ao todo, cinco jogadoras encerraram seus ciclos na equipe, como as experientes Cristiane e Maurine.

Tentando reestruturar o elenco da seleção, Vadão terá como primeiro desafio nesta volta a Copa CFA. No torneio chinês, o time brasileiro enfrentará o México, a Coreia do Norte e a China.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.