1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail

Após quase seis meses, zagueiro Léo retoma treinos no Cruzeiro

- Atualizado: 08 Fevereiro 2016 | 19h 45

Jogador não entra em campo desde o dia 13 de agosto do ano passado, quando sofreu uma entorse no joelho na partida contra o Joinville

Quase seis meses depois de sofrer grave lesão no joelho, o zagueiro Léo retomou os trabalhos nesta segunda-feira e foi a principal novidade no treino do Cruzeiro. Depois de dois dias de folga, o elenco se reapresentou para iniciar a preparação para uma sequência de três jogos em dez dias.

Léo não entra em campo desde o dia 13 de agosto do ano passado, quando sofreu uma entorse no joelho na partida contra o Joinville, em rodada do Brasileirão. Na sequência, durante o treino no dia 3 de setembro, ele voltou a sentir dores e foi constatada a necessidade de cirurgia no local.

O procedimento foi realizado no dia 5 de setembro, quando os médicos corrigiram um problema no menisco do joelho direito. Desde então, Léo fazia reabilitação para voltar aos gramados em perfeitas condições. A retomada em campo aconteceu nesta segunda durante forte treino físico, seguido de trabalho com bola no campo.

Léo treina no Cruzeiro
Léo treina no Cruzeiro

O técnico Deivid não esboçou o time que enfrentará o Tupi, domingo, pelo Campeonato Mineiro. Uma baixa quase certa é o atacante Willian, com uma lesão muscular na coxa esquerda. O treinador ainda aguarda a evolução médica do jogador para definir o time. Depois do confronto com o Tupi, o Cruzeiro enfrentará o Fluminense na quarta-feira pela Copa Sul-Minas-Rio. No sábado, o rival será o Tricordiano, novamente pelo Estadual.

Apesar da dura sequência de jogos, o atacante Rafael Silva mantém a confiança. Um dos reforços da equipe para esta temporada, ele marcou dois gols nas duas primeiras partidas em que defendeu a camisa do Cruzeiro.

"Espero manter a sequência de gols. É sempre bom estar marcando, mas o importante mesmo é poder ajudar o Cruzeiro a vencer os jogos e conquistar os títulos. Nosso grupo de jogadores é de muita qualidade, ninguém tem cadeira cativa e temos tudo para chegar muito longe. A concorrência é grande e o Cruzeiro só tem a ganhar com isso", declarou o atacante, nesta segunda-feira.

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em EsportesX