1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Após queda, Hodgson prevê Inglaterra forte no futuro

AE - Agência Estado

22 Junho 2014 | 11h 29

A Inglaterra decepcionou mais uma vez nessa Copa do Mundo ao chegar com uma equipe exaltada por seus jogadores, mas com futebol abaixo do esperado em campo. O resultado foi uma eliminação na primeira fase, ainda com uma partida a ser disputada. Mesmo assim, o técnico Roy Hodgson fez questão de elogiar a geração de atletas que está ganhando espaço agora na seleção e previu um futuro melhor.

"Eu acredito que a Inglaterra tem uma base muito forte para uma equipe", declarou. "É muito jovem. Esses jogadores estarão jogando no Campeonato Inglês nos próximos dois anos e vão evoluir e ficar mais fortes como seleção inglesa. Nunca duvidei que esse time vai evoluir, se tornará mais forte e melhor."

Foram duas derrotas no Brasil, contra Itália e Uruguai, ambas por 2 a 1. Nas duas partidas, a Inglaterra teve bons momentos, chegou a atuar melhor, mas acabou perdendo. O resultado não foi o esperado, mas Hodgson deixará o Mundial - após a partida contra a Costa Rica na terça-feira - satisfeito com o que seus comandados apresentaram.

"Os resultados melhoram o julgamento de qualquer um e eu certamente estou feliz com a forma com que os jogadores se prepararam para esses jogos. Certamente estou feliz com a forma como chegaram para o torneio e estou feliz com o esforço que colocaram, mas jogamos com dois times experiente e fortes em ambas as ocasiões", afirmou.