Após tropeço, Inglaterra bate a Hungria em Manchester

Contando com o time que deverá entrar em campo na estréia na Copa do Mundo contra o Paraguai, a seleção da Inglaterra derrotou a Hungria por 3 a 1, nesta terça-feira, no Estádio Old Trafford, em Manchester. O atacante Wayne Rooney, ainda se recuperando de lesão no pé direito, acompanhou o jogo das arquibancadas. Com o triunfo, o time comandado pelo treinador sueco Sven-Goran Eriksson conseguiu se redimir da derrota para a Bielo-Rússia, na semana passada. Os britânicos tiveram a primeira oportunidade de abrir o marcador aos 41 minutos do primeiro tempo. Após um lançamento de David Beckham, Michael Owen cabeceou e o goleiro Garbor Kiraly fez grande defesa. No rebote, Steven Gerrard pegou a bola e foi derrubado pelo zagueiro Feher dentro da área, o juiz holandês Peter Vink marcou pênalti. Frank Lampard cobrou no canto esquerdo e Kiraly voltou a fazer uma bela defesa. Os donos da casa, porém, conseguiram chegar ao primeiro gol aos 2 minutos da etapa final. Em uma cobrança de falta, Beckham alçou a bola na área e Gerrard, que fez 26 anos nesta terça, completou de cabeça. Quatro minutos depois, os britânicos ampliaram a vantagem. Em nova jogada armada por Beckham, o meia do Real Madrid lançou John Terry, que também fez de cabeça. A Hungria conseguiu descontar aos 10 minutos, com Dardai, que acertou um belo chute de fora da área no ângulo de Robinson. Os donos casa chegaram ao terceiro gol aos 38 minutos. O grandalhão Peter Crouch recebeu um passe de Joe Cole, girou em cima do zagueiro adversário e bateu no canto esquerdo do goleiro Kiraly. Antes da estréia na Copa, no dia 10 de junho, contra os paraguaios, a Inglaterra faz mais um amistoso de preparação, no sábado, contra a Jamaica, também em Manchester.

Agencia Estado,

30 Maio 2006 | 18h21

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.