Após vice da Copa do Rei, técnico Maurício Pellegrino deixa o comando do Alavés

Técnico conduziu o time em boa campanha no Campeonato Espanhol

Estadão Conteúdo

29 Maio 2017 | 13h34

O Alavés anunciou que o argentino Maurício Pellegrino, que comandou o time nesta temporada europeia, vai deixar o clube. O anúncio foi feito nesta segunda-feira, dois dias depois da final da Copa do Rei, em que o Alavés foi derrotado pelo Barcelona por 3 a 1, no estádio Vicente Calderón, em Madri.

"Quero agradecer a todo mundo pela ajuda neste ano. Aqui fui feliz como em poucos lugares como técnico. Em especial, quero agradecer aos jogadores, que tanto me ajudaram a colocar o Deportivo Alavés onde merece estar", disse o treinador, em nota publicada no site oficial do clube. "É uma equipe que vai continuar seguindo seus objetivos", ressaltou.

O diretor esportivo do Alavés, Sérgio Fernández, disse que o clube tentou "de tudo" para manter Pellegrino no comando no time e lamentou a saída. "Quero agradecê-lo por seu trabalho e compromisso. Adoraríamos que continuasse com a gente e fizemos de tudo para que ficasse. Desejamos a maior das sortes no futuro. Esta será sempre a sua casa", enfatizou o dirigente.

Vice-campeão da Copa do Rei, o Alavés ainda terminou o Campeonato Espanhol na nona posição, a menos de 10 pontos da classificação para a Liga Europa, um ano depois de conquistar o título da segunda divisão do torneio nacional. O clube ainda não anunciou o substituto de Pellegrino para o cargo.

Mais conteúdo sobre:
futebol Campeonato Espanhol

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.