Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians
Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

Após vitória, Carille e jogadores tratam de conter euforia no Corinthians

Alvinegro não se empolga depois de abrir nove pontos de vantagem para o Grêmio

O Estado de S.Paulo

24 Julho 2017 | 07h00

O técnico Fábio Carille e os jogadores do Corinthians trataram de conter a euforia da torcida após a vitória por 1 a 0 sobre o Fluminense, no último domingo, no Rio, pela 16.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Depois de dois empates seguidos, o time voltou a vencer e abriu nove pontos de vantagem (40 a 31) para o Grêmio, o segundo colocado.

"Não fico pensando em título, é só jogo a jogo", disse Fábio Carille. "Não posso pensar lá na frente, penso no Patriotas (nesta quarta-feira, em São Paulo, pela segunda fase da Copa Sul-Americana) e depois no Flamengo (domingo, pelo Brasileirão)".

Autor do gol da vitória no estádio do Maracanã, o zagueiro Balbuena seguiu o discurso do treinador. "A luta continua, tem muito jogo pela frente. Vamos descansar e pensar no jogo de quarta-feira", afirmou o paraguaio.

O Corinthians chegou no último domingo à marca de 30 jogos sem derrotas na temporada. "Mais do que invencibilidade, o que me traz satisfação é que são 26 jogos sem tomar gol em 43 partidas oficiais no ano", comemorou Fábio Carille.

O elenco do Corinthians volta aos treinos na tarde desta segunda-feira. Contra o Patriotas, no estádio Itaquerão, existe a possibilidade de Fábio Carille poupar alguns titulares. No jogo de ida, na Colômbia, as equipes empataram por 1 a 1.

Mais conteúdo sobre:
futebol Corinthians

Encontrou algum erro? Entre em contato

0 Comentários

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.