Após vitória, Renato exalta atuação do Grêmio e minimiza gols perdidos por Luan

Tricolor gaúcho foca agora na partida de ida contra o Fluminense, pela Copa do Brasil

Estadão Conteúdo

15 Maio 2017 | 09h26

O técnico Renato Gaúcho não escondeu a sua satisfação ao comentar a atuação do Grêmio na vitória por 2 a 0 sobre o Botafogo, na noite deste domingo, em Porto Alegre. O resultado fez a equipe gremista abrir o Campeonato Brasileiro de 2017 com três pontos nesta primeira rodada da competição, que ainda será concluída nesta segunda-feira.

"Não é fácil o Campeonato Brasileiro, não é fácil enfrentar uma equipe como a do Botafogo. Conseguimos os três pontos jogando muito bem. Criando bastante, gostei bastante da equipe e dei os parabéns para o grupo. Jogamos bem os 90 minutos", ressaltou o comandante, em entrevista coletiva concedida na Arena Grêmio.

Em seguida, o treinador destacou que o placar poderia ter sido ainda mais elástico, tendo em vista o grande número de chances de gol criadas e desperdiçadas pelo Grêmio. "Tivemos situações claras e, na minha opinião, merecíamos vencer por um score ainda maior. O mais importante foram as duas coisas: ganhamos e jogamos bem. Temos que curtir mesmo essa vitória", completou.

Renato Gaúcho também minimizou o peso do fato de o atacante Luan ter voltado a perder várias oportunidades de gol e passado em branco mais uma vez pela equipe gremista. "O Luan é um jogador que, se você pegar o scout dos jogadores do Grêmio, vai ver que é um dos jogadores que mais corre na equipe. Hoje errou gols feitos, sim, mas o importante é que está ajudando a equipe, não se esconde", analisou, para depois enfatizar: "Ele errou porque estava lá (presente com frequência no ataque em condições de finalizar). Daqui a pouco essa fase vai passar. O importante é que ele não está jogando tão mal como falam. Tenho bastante confiança nele".

Luan, por sua vez, chegou a marcar um gol de mão, em irregularidade que não foi flagrada pela arbitragem no lance que fez o Grêmio abrir 2 a 0 no placar. Na jogada, o árbitro catarinense Braulio da Silva Machado entendeu que a bola tocou na cabeça do jogador e assinalou gol para Ramiro, que havia chutado a bola que desviou no atacante.

Após a vitória sobre os botafoguenses, o Grêmio volta a campo nesta quarta-feira, quando receberá o Fluminense em sua arena, às 21h45, no jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil. Pelo Brasileirão, o time atuará novamente no domingo, contra o Atlético Paranaense, às 16 horas, na Arena da Baixada, em Curitiba.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.