Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Esportes

Esportes » Apresentado, Diego Lugano fala em se aposentar no São Paulo

Futebol

Werther Santana/Estadão

Esportes

futebol

Apresentado, Diego Lugano fala em se aposentar no São Paulo

'Quero viver cada dia com bastante intensidade', afirma o zagueiro

0

Ciro Campos,
O Estado de S. Paulo

18 Janeiro 2016 | 14h09

Uma semana depois de ter a contratação anunciada, o zagueiro Diego Lugano foi apresentado e vestiu nesta segunda-feira a camisa do São Paulo. O jogador de 35 anos concedeu uma entrevista coletiva de quase uma hora no CT da Barra Funda, em que destacou a identificação com a torcida, a oportunidade da segunda passagem pelo clube e o sonho até mesmo de encerrar a carreira no time em que é ídolo da torcida.

O uruguaio fez 176 jogos e marcou 11 gols na primeira passagem pelo São Paulo, entre 2003 e 2006. O zagueiro conquistou os títulos do Campeonato Paulista, da Copa Libertadores e do Mundial de Clubes em 2005. Lugano veio do Nacional, de Montevidéu, por aproximadamente R$ 645 mil e foi vendido ao Fenerbahçe, da Turquia, por mais de R$ 20 milhões em agosto de 2006, após o vice-campeonato da Libertadores.

"Um desejo pessoal é fechar a carreira no São Paulo. A gente vê no dia a dia. Temos a curto prazo um objetivo, uma vontade muito grande. Quero aproveitar cada dia no CT, comemorar cada vitória, sofrer a cada derrota. São meus últimos tempos como jogador, quero viver cada dia com bastante intensidade", destacou Lugano. O zagueiro assinou contrato por um ano e meio com o clube e vai vestir a camisa 5, mesmo número da primeira passagem.

O jogador desembarcou em São Paulo na noite da última terça-feira vindo de Montevidéu e foi recepcionado por uma multidão no aeroporto de Cumbica, em Guarulhos. Cerca de mil torcedores foram ao local e ocuparam o saguão e o estacionamento, em festa que surpreendeu o reforço e o fez dispensar a realização de um evento de apresentação no Morumbi, como chegou a planejar a diretoria.

A idolatria pesou para a vontade em rescindir contrato com o Cerro Porteño, do Paraguai, e aceitar o convite de voltar ao São Paulo. "A torcida são-paulina marca uma diferença nesse aspecto, porque no Brasil jogador de futebol é como preservativo: se usa e se tira. Mas eles mostraram gratidão", afirmou. A expectativa pela reestreia do uruguaio alavancou o número de vendas de produtos oficiais em referência ao reforço. Na loja oficial virtual do São Paulo, a São Paulo Mania, a comercialização de camisas personalizadas com o nome de Lugano responde por 37% das comercializações. O clube precisou ainda repor o estoque de uma camiseta com a imagem do uruguaio sangrando.

Aos 35 anos o defensor admite que talvez a idade avançada não lhe propicie atuações de mesmo nível, porém confia que a torcida vai compreender e apostar nele principalmente como um símbolo de uma era vitoriosa. "Minha segunda passagem tem um risco, que fica em quinto plano quando se ter uma torcida, um clube que precisa de você. Vou trabalhar com lealdade e compromisso para que tudo dê certo", garantiu.

Lugano chegou abaixo do peso ideal e tem trabalhado apenas na academia e na hidroginástica por enquanto. É possível que o zagueiro fique fora da primeira partida da pré-Libertadores, contra o Cesar Vallejo, no Peru, por estar fora de ritmo de jogo. O zagueiro deve começar os primeiros treinos no campo apenas na próxima semana.

Mais conteúdo sobre:

Comentários