1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail

Jadson e Luis Fabiano se dizem animados com projeto de time chinês

- Atualizado: 08 Janeiro 2016 | 14h 09

Para Luxemburgo, só falta uma terceira peça para fechar o time

Com contratos de dois anos com o Tianjin Quanjian, da China, Jadson e Luis Fabiano foram apresentados pelo novo clube em Atibaia, no interior paulista, e falaram que estão animados com o projeto que foi apresentado pelo técnico Vanderlei Luxemburgo.

"Meus empresários já tinham conversado com o Tianjin, fiz questão de avisar o Tite, ele foi o primeiro a ficar sabendo, e disse que estava decidido a ir. Claro que a proposta financeira é muito boa, mas o Vanderlei falou do projeto dele e estou indo para um novo desafio. Espero que tudo possa ser concretizado", disse Jadson.

Jadson e Luis Fabiano foram apresentados pelo Tianjin Quanjian, de Luxemburgo, em Atibaia

Jadson e Luis Fabiano foram apresentados pelo Tianjin Quanjian, de Luxemburgo, em Atibaia

Luis Fabiano completou o colega: "Em dezembro conversei com o pessoa e vi a possibilidade de jogar na China. Estive perto de trabalhar com o Luxemburgo outras vezes, tinha propostas de brasileiros, de times americanos, mas resolvi fechar com o Tianjin, pelo dinheiro e pelo projeto, que pesou na minha decisão. Não adianta ter um grande contrato se você não está feliz. Decidi encarar o projeto e espero poder junto com o Jadson e o outro que vier fazer tudo para que a gente conquiste todos os objetivos."

Para Luxemburgo, só falta uma terceira peça no time para fechar o trio de brasileiros do Tianjin. "Contratamos os dois brasileiros e estamos correndo atrás do terceiro, mas vai demandar mais tempo. Eu já tinha tentado contratá-los quando eu estava em clubes no Brasil e nunca deu certo. Agora é uma satisfação muito grande levá-los para a China. Vou contar com a experiência deles para esse projeto que estamos iniciando", afirmou o treinador.

Jadson e Luis Fabiano já estão treinando com o elenco em Atibaia e esperam poder ajudar o grupo a subir para a elite do futebol chinês - o Tianjin está na segunda divisão. Os dois demonstraram muita descontração na apresentação, quando vestiram oficialmente a camisa do novo clube. "Quero dar minhas assistências para o Luis, ele falou que estava com saudade de quando jogamos juntos em 2012 (pelo São Paulo)", brincou Jadson, sendo interrompido pelo parceiro. "Conto com sua ajuda."

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em EsportesX