Arce anuncia aposentadoria da seleção

O lateral-direito, e agora meia, Arce, jogador do Palmeiras, anunciou nesta terça a sua aposentadoria da seleção de seu país, o Paraguai, após 13 anos de atuações. ?A partida contra a Alemanha, na última Copa, foi a minha última com a seleção paraguaia. É uma decisão difícil. Tenho o apoio de meus familiares, mas na vida nada é definitivo, só a morte?, disse o jogador à imprensa de seu país. O jogador de 30 anos de idade não deve integrar o time que fará amistosos contra o Brasil, no dia 21 em Fortaleza, e contra a Espanha, em 18 de outubro em Madri. Arce lamentou a eliminação do Paraguai na Copa do Mundo. Ele ainda afirmou que o italiano Cesare Maldini, técnico no Mundial, não foi muito bem sucedido, não por incompetência, mas por não ser de fato o nome mais adequado para o cargo. Na sua opinião, o uruguaio Sergio Markarian deveria ter sido o comandante. Entre os motivos para sua aposentadoria, colocou a vontade de não dar margens a críticas por alguma eventual má atuação pela seleção, por já ser um veterano. O goleiro Chilavert, do Estrasburgo, e o atacante Roque Santa Cruz, do Bayern de Munique, também não estarão presentes na partida contra o Brasil.

Agencia Estado,

13 Agosto 2002 | 16h12

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.