1. Usuário
Assine o Estadão
assine
Copa 2014

Arena Corinthians terá segundo e último teste antes da Copa do Mundo

Diego Salgado, Paulo Favero, Vítor Marques - O Estado de S.Paulo

01 Junho 2014 | 05h 00

De 1998 para cá, nunca o estádio de abertura de uma Copa do Mundo foi tão pouco testado como o do Corinthians

SÃO PAULO - Dos estádios construídos para as últimas quatro Copas, desde 1998 na França, a Arena Corinthians é o que menos foi testado antes da partida de abertura de um Mundial.

O jogo deste domingo entre Corinthians e Botafogo pelo Campeonato Brasileiro, a 11 dias de Brasil e Croácia, não será um teste pleno, como gostaria a Fifa. O teste vai apenas um pouco além do que foi a partida entre Corinthians e Figueirense, primeiro jogo oficial do Itaquerão.

Paulo Whitaker/Reuters
Arena Corinthians recebe segundo jogo oficial a 11 dias da abertura do Mundial

O confronto foi liberado para receber apenas 40 mil pessoas, mas o número de ingressos vendidos deve ser o mesmo da partida inaugural, cerca de 37 mil (54% da capacidade).

As arquibancadas provisórias, ponto vital para receber a abertura, terão uso parcial. Apenas o setor Sul superior foi liberado pelo Corpo de Bombeiros. O Norte superior será usado pela primeira vez na Copa.

A decisão de permitir a entrada para apenas 40 mil pessoas também partiu do Governo do Estado, temeroso com a questão de segurança.

O estádio foi entregue à Fifa dia 21 de maio, logo depois da partida inaugural, que teve erros e acertos. Temerosa com problemas que podem acontecer durante o Mundial, a entidade abriu uma exceção e permitiu um novo jogo.

O Comitê Organizador Local e a Fifa aceleram o ritmo das obras nas últimas semanas, tentando corrigir as falhas de acabamento, dentro e fora do estádio. Por exemplo: foi instalada uma lona nas arquibancadas provisórias para cobrir as vigas de sustentação, que deixavam o estádio com cara de reforma.

Os detectores de metal também já foram instalados. No jogo de domingo os torcedores terão de passar por um raio X para entrar no estádio. Isso não foi testado no primeiro evento teste, o jogo contra o Figueirense.

"Teremos o dobro de voluntários e 100 homens a mais na área de segurança, e a expectativa é utilizar raios X para revista de pessoas e mochilas, semelhantes ao que se faz nos aeroportos", disse o gerente geral de integração operacional do COL, Tiago Paes.

Mesmo assim, o COL já informou que o jogo não terá padrão Fifa.

A recomendação das autoridades para o torcedor que vai ao estádio é a mesma do jogo contra o Figueirense. O transporte público continua sendo a melhor opção para chegar ao estádio (metrô, descendo na estação Arthur Alvim, e trem, descendo na estação Corinthians- Itaquera).

Copa 2014