1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Argentina gastará R$ 274 milhões com transmissão de jogos

Ariel Palacios - Agência Estado

13 Junho 2014 | 11h 50

Governo utiliza evento para promover propaganda política

O governo da presidente Cristina Kirchner pagará neste ano aproximadamente R$ 274 milhões na transmissão estatal dos jogos de futebol, segundo indicam os dados da ampliação do orçamento nacional. Além destes fundos, que serão pagos à Associação de Futebol Argentino (AFA) e aos clubes que integram a entidade esportiva, a Casa Rosada também desembolsará R$ 53,52 milhões adicionais para a transmissão dos jogos da Copa do Mundo de 2014 pela estatal TV Pública. 

Desta forma, durante os jogos da Copa, as únicas publicidades que os telespectadores argentinos assistirão serão propagandas do governo Kirchner sobre as obras da presidente Cristina. O governo, além de fazer autoelogios, eventualmente também veicula propagandas com críticas aos partidos da oposição e a empresas não-alinhadas com a política da Casa Rosada. 

Clayton de Souza/Divulgação
Seleção de Lionel Messi treina em Belo Horizonte. Argentina estreia no domingo contra a Bósnia

Em 2013, o governo Kirchner emitiu 90 horas de publicidade oficial ao longo de todos os jogos de futebol transmitidos pelo canal estatal. Essa quantidade de tempo equivale a três dias e meio de propaganda sobre a administração da presidente Cristina de forma ininterrupta. Desde 2009, quando a presidente Cristina estatizou as transmissões dos jogos - denominadas oficialmente de "Futebol para todos" - o governo Kirchner gastou um total acumulado de US$ 1 bilhão. O contrato que transforma a Casa Rosada em virtual sócia da AFA vence em 2019.