1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Copa 2014

Argentinos tentam usar ingressos antigos no Beira-Rio

GONÇALO JUNIOR - Agência Estado

25 Junho 2014 | 11h 46

Um grupo de dez torcedores argentinos foi retirado da área de segurança do Estádio Beira-Rio por tentarem utilizar ingressos antigos para a partida desta quarta-feira entre Nigéria e Argentina, marcada para começar às 13 horas. Os torcedores apresentaram entradas para o duelo entre Argentina e Irã, realizada no Mineirão, no último sábado. Um torcedor nigeriano também tentou repetir a manobra usando ingressos para a partida entre Nigéria e Irã.

O grande contingente de torcedores sem ingresso preocupa as autoridades de segurança. São esperados entre 50 e 80 mil argentinos. Desse total, apenas 18 mil teriam ingressos, de acordo com os organizadores da Copa. Segundo a Polícia Federal, 40 mil argentinos haviam chegado a Porto Alegre até a manhã desta quarta-feira.

Para conter tentativas de invasão dos torcedores sem ingresso, a Brigada Militar recebe reforço do Batalhão de Operações Especiais. O coronel João Diniz Godoy, chefe do batalhão da Copa, afirma que o número de policiais empregados no jogo é o maior dos jogos realizados em Porto Alegre durante a Copa.

Além de grades e cordões de isolamento, o número de policiais também foi ampliado nas barreiras formadas no Viaduto Dom Pedro II e nas demais proximidades do estádio. Em alguns pontos, o cerco chega a dois quilômetros do Beira-Rio. A partir desses locais, apenas quem tiver ingresso para o jogo poderá seguir adiante.

Copa 2014