Assessor da CBF é assaltado no Rio

O assessor de imprensa da CBF, Rodrigo Paiva foi assaltado na segunda-feira à noite na Avenida Vieira Souto, em Ipanema, zona sul do Rio. Paiva deixou a sede da CBF, no centro do Rio, por volta das 19 horas e se dirigia à sua residência no bairro do Leblon. Na altura do Hotel Caesar Park, em Ipanema, o Audi A3, de propriedade do atacante Ronaldo da Internazionale, foi interceprtado por três elementos. Um deles encostou a pistola no assessor, que entregou relógio, telefone celular e R$ 70,00. "Tudo não passou de um grande susto, mas o chato é que na memória do celular estavam telefones importantes", lamentou Paiva, citando o técnico da Seleção Brasileira, Luiz Felipe Scolari, do jogador Romário e até da presidência da República.

Agencia Estado,

19 Março 2002 | 18h09

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.