1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Assistente desafeto de Felipão faz parte do trio de arbitragem contra o Botafogo

Daniel Batista - O Estado de S. Paulo

30 Julho 2012 | 19h 55

Roberto Brattz será o auxiliar de Heber Roberto Lopes na estreia do Palmeiras na Sul-Americana

SÃO PAULO - Em meio a tanta reclamação por parte do Palmeiras em relação a arbitragem no Campeonato Brasileiro, a Conmebol divulgou a lista dos árbitros para a partida da Copa Sul-Americana e criou mais polêmica. O trio de arbitragem será formado pelo árbitro Heber Roberto Lopes e os assistentes será Altemir Hausmann e Roberto Braatz, desafeto do técnico Luiz Felipe Scolari.

A briga entre os dois começou em um jogo do Palmeiras contra o Atlético-MG, pelo Campeonato Brasileiro do ano passado, quando discutiram. O árbitro Sandro Meira Ricci registrou na súmula que o treinador ofendeu o assistente com a frase. "Além de gaúcho, você é safado!". Na época, os jogadores palmeirenses alegaram que Braatz ofendeu o Palmeiras e o nível de seus jogadores.

Pelas palavras proferidas ao assistente, Felipão foi suspenso por dois jogos na época e se recusou a ficar no banco de reservas na partida contra o Vasco, pela Sul-Americana, na partida que marcaria o reencontro deles.

Ambos voltaram a se encontraram no domingo. Braatz foi assistente na derrota do Palmeiras para o Cruzeiro por 2 a 1, na quarta-feira, e os jogadores do Palmeiras reclamaram que ele não ajudou o árbitro Fabrício Neves Correa a ver que o lance em que saiu o primeiro gol do Cruzeiro foi uma falta fora da área. O árbitro marcou pênalti, convertido por Borges.

Felipão reclamou bastante da marcação e ficou tão irritado que não quis dar entrevista coletiva após o jogo. O treinador avisou que não vai se pronunciar antes do jogo sobre a escolha de Brattz para o jogo desta quarta-feira.