Atlético-MG, aliviado, para clássico

Aliviado com a vitória convincente do Atlético-MG sobre o Sport, por 3 a 0, quarta-feira, no Mineirão - resultado que classificou os mineiros para as oitavas-de-final da Copa do Brasil -, o técnico Levir Culpi começou nesta quinta-feira a preparar a equipe para o clássico com o América, sábado, pela Sul-Minas. Levir, que, caso não obtivesse sucesso contra o Sport, corria risco até mesmo de demissão, não terá dois zagueiros titulares e será obrigado a improvisar, modificando o esquema 3-5-2 usado contra os pernambucanos. Marcelo Djian e Edgar estão suspensos e Erlon é o único defensor disponível, já que o uruguaio Gutierrez, recém-contratado, ainda não teve a documentação regularizada. Com isso, o mais provável é que o meia Gilberto Silva seja improvisado na zaga. A boa notícia será a volta de Cleisson, recuperado de contusão. A equipe de Levir, que não está bem na Sul-Minas, está obrigada a vencer o clássico estadual para continuar sonhando com a classificação entre os quatro primeiros. Pela Copa do Brasil, o próximo adversário é o Internacional. Serão, na verdade, três jogos seguidos em sete dias com os gaúchos, a partir de 28 de março. Dois pela competição nacional e um pelo torneio regional.

Agencia Estado,

14 Março 2002 | 20h04

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.