1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail
Mercado da Bola

Atlético-MG confirma liberação de André para o Corinthians

- Atualizado: 30 Janeiro 2016 | 16h 01

Saída do jogador é consumada em 'venda casada'

Depois de uma longa negociação que vinha se estendendo desde o fim do ano passado, o Atlético-MG finalmente confirmou a saída do atacante André para o Corinthians. O acordo, que ganhou forma nos últimos dias, foi selado e, neste sábado, os mineiros anunciaram a ida do jogador para o rival paulista.

André não será o único a fazer o caminho do Independência para o Itaquerão. Com ele, o Corinthians também receberá o meia Giovanni Augusto. O Atlético-MG ainda não anunciou a saída do jogador, mas ele próprio já falou como reforço corintiano e sequer foi relacionado para a estreia no Campeonato Mineiro.

Sobre André, o Atlético-MG não revelou os valores da negociação, mas os rumores dão conta de que ela aconteceu em conjunto, justamente com Giovanni Augusto. O Corinthians teria desembolsado cerca de 4,5 milhões de euros para tirar os dois jogadores do clube mineiro.

Atacante André foi acusado de tentar forçar saída do Atlético-MG
Atacante André foi acusado de tentar forçar saída do Atlético-MG

O time paulista e o Atlético-MG já conversavam desde o fim da última temporada para a possível liberação de André, mas não chegavam a um acordo. Tanto que a negociação foi dada como encerrada há algumas semanas. Somente após a inclusão de Giovanni Augusto na discussão, finalmente a transação aconteceu.

André atuou pelo Sport no último Campeonato Brasileiro e foi um dos destaques da boa campanha do time pernambucano. Ele estava emprestado pelo Atlético-MG, onde fracassou em todas as passagens. No Corinthians, ele lutará para repetir os bons dias de Sport e Santos, e não as passagens apagadas por Atlético-MG, Bordeaux, Dínamo de Kiev e Vasco.

Mercado da Bola
Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em EsportesX