Atlético-MG pode até perder no Sul

O Atlético-MG saiu na frente na busca por uma das vagas às quartas-de-final da Copa do Brasil, competição que irá garantir ao campeão um lugar na Copa Libertadores de 2003. O time mineiro venceu o Internacional, por 2 a 0, nesta quinta-feira, no Mineirão, em Belo Horizonte. Os gols foram marcados por Marques e Guilherme. A segunda partida entre as equipes pela competição acontecerá na quarta-feira, em Porto Alegre. A partida começou truncada no meio campo com as equipes tendo poucas oportunidades de completar as jogadas próximas à área. O caminho mais fácil para se chegar ao gol era pelas laterais do campo. Aproveitando disso, o lateral Mancine fez boa jogada pela direita, driblando dois adversários e tocando para Marques. O atacante tabelou com Guilherme, dentro da área e chutou forte, fazendo 1 a 0 para o Atlético, aos 21 minutos do primeiro tempo. Seis minutos depois o Galo quase ampliou o placar. Rodrigo chutou forte de fora da área. A bola bateu no travessão e foi para escanteio depois de uma grande defesa do goleiro Clêmer. No segundo tempo, logo aos 6 minutos, Rodrigo acertou outro chute forte no travessão de Clêmer, como já havia feito no primeiro tempo. Em contrapartida, aos 9 minutos, o meia colorado Carlos Miguel, chutou forte de fora da área, obrigando Velloso a buscar a bola no ângulo e fazer também grande defesa. Aos 19 minutos, a defesa do Inter parou para reclamar da marcação de uma falta que não existiu, mas foi confirmada pelo árbitro paulista Edílson Pereira de Carvalho. Esperto, Djair cobrou rapidamente para dentro da área. A bola cruzou toda a extensão do gol e encontrou Guilherme na segunda trave que, de peito, fez 2 a 0 para o Atlético, dando números finais à partida. Aos 38 minutos, o meia Bruno ainda acertou a trave de Clêmer. Foi a terceira finalização do Galo na partida que parou nas traves. Antes do jogo da volta pela Copa do Brasil, que acontecerá na próxima quarta-feira, em Porto Alegre, as duas equipes voltam a se enfrentar nesse domingo de Páscoa, também no Mineirão, mas desta vez pela Copa Sul-Minas. O Galo, na quinta posição, luta ainda pela classificação. Já o Colorado não tem mais chances no torneio regional. Antes da partida um incidente cada vez mais comum nos estádios brasileiros. O torcedor atleticano Everton Souza, de 18 anos, foi baleado na entrada do Mineirão. O torcedor foi internado em estado grave no Hospital Pronto Socorro (HPS) João XXIII. A polícia não encontrou o autor do disparo.

Agencia Estado,

28 Março 2002 | 22h39

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.