Bruno Cantini/Atlético
Bruno Cantini/Atlético

Atlético-MG treina com Cazares entre os titulares e rescinde com Roger Bernardo

Time se prepara para enfrentar o Atlético-PR no fim de semana, pelo Brasileirão

Estadão Conteúdo

09 Maio 2018 | 19h18

O dia seguinte à eliminação na Copa Sul-Americana, para o San Lorenzo, foi movimentado no Atlético-MG. A equipe treinou na Cidade do Galo com o equatoriano Cazares entre os titulares. Fora de campo, a diretoria acertou a rescisão contratual com o volante Roger Bernardo.

+ Larghi culpa arbitragem por queda do Atlético-MG e defende escalação de reservas

+ Sul-Americana é '2ª divisão' e Atlético-MG brigará por Brasileiro, diz presidente

Menos de 24 horas depois do empate por 0 a 0 no Independência, o elenco atleticano se reapresentou no CT. Os jogadores reservas, que encararam o San Lorenzo na terça, realizaram uma atividade regenerativa na parte interior, enquanto os titulares foram a campo e fizeram trabalhos técnicos e táticos.

O goleiro Victor e o meia Otero foram os únicos titulares a entrarem em campo na terça e ficaram na academia. Em campo, Michael e Cazares treinaram com bola. Diante da sequência de jogos de Otero, o equatoriano pode ganhar uma vaga no time diante do Atlético-PR, domingo, na Arena da Baixada, pelo Brasileirão.

O zagueiro Leonardo Silva estará de volta à zaga e ressaltou a importância de um resultado positivo em Curitiba para manter o Atlético-MG nas primeiras colocações até a paralisação para a Copa do Mundo.

"Já estamos visualizando esses jogos que temos até a parada da Copa, com objetivos bem traçados em termos de pontuação e daquilo que a gente espera em termos de classificação, de colocação na tabela, para que a gente consiga, até a parada da Copa, estar no G4 e, se possível, nas primeiras colocações", disse.

Enquanto os jogadores treinavam, a diretoria acertou a rescisão contratual do volante Roger Bernardo. Ele havia chegado ao Atlético-MG no meio do ano passado, chegou a ter oportunidades em 2017, mas sequer entrou em campo nesta temporada. De acordo com o clube, a decisão pelo rompimento foi "amigável".

Mais conteúdo sobre:
futebol Atlético Mineiro Juan Cazares

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.