Atlético-PR: jogo decisivo em La Paz

Somente a vitória interessa ao Atlético Paranaense diante do Bolívar, às 18 horas, em La Paz, para continuar com chances de classificação para a próxima fase da Copa Libertadores da América. Nos três jogos disputados até agora, o campeão brasileiro conseguiu apenas um ponto, no empate com o América de Cali, em Curitiba. Na primeira partida contra o Bolívar, o Atlético foi derrotado, na Arena da Baixada, por 2 a 1. O time boliviano está imediatamente à frente do Atlético na tabela de classificação, com quatro pontos ganhos. "Temos que nos concentrar na vitória, que é isso que nos interessa", disse o zagueiro Gustavo. Na primeira partida, o Atlético foi surpreendido pelo adversário e agora a atitude deve ser outra, garantem os jogadores. "Eles marcam muito bem e têm um ataque bastante rápido", analisou o zagueiro. O técnico Geninho deve manter o ala Luizinho Neto e o atacante Dagoberto no lugar de Alessandro e Kléber, que ficam na reserva. "Gostei da movimentação deles, deram outra dinâmica para o time", aprovou Geninho. Para o treinador, ter jogadores de boa qualidade no banco pode ser muito importante no jogo desta terça-feira, a 3.600 metros acima do nível do mar, quando o desgaste físico é maior. Geninho tem insistido com os jogadores para não colocar a necessidade da vitória acima de qualquer coisa. "Tem que haver empenho total, mas não pode perder para a precipitação, para a empolgação ou para o fazer as coisas de maneira desorganizada", orientou.

Agencia Estado,

11 Março 2002 | 17h59

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.