Marco Oliveira/Site Oficial/Atlético-PR
Marco Oliveira/Site Oficial/Atlético-PR

Atlético-PR perde pênalti e empata com o Santa Cruz pela Copa do Brasil

Paranaenses desperdiçam chance de abrir vantagem, mas agora precisam só de vitória simples em casa para avançar

Estadão Conteúdo

11 Maio 2017 | 00h06

Em um jogo muito aberto e com boas chances de gol, Santa Cruz e Atlético Paranaense empataram por 0 a 0, nesta quarta-feira, no estádio do Arruda, no Recife, na partida de ida das oitavas de final da Copa do Brasil. Os dois times tiveram boas chances, mas não tiraram o zero do marcador. O clube pernambucano chegou a perder um gol dentro da grande área, enquanto que o de Curitiba desperdiçou um pênalti defendido por Julio Cesar, ex-goleiro do Corinthians.

Os dois times voltam a se enfrentar apenas no fim do mês, no dia 31, pelo jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil, na Arena da Baixada, em Curitiba. Nesta partida, um empate sem gols leva a decisão para os pênaltis, enquanto a igualdade com gols classifica o Santa Cruz. Quem vencer, avança.

Antes, porém, ambos entram em campo pelo Campeonato Brasileiro. Na Série B, o Santa Cruz faz o primeiro jogo diante do Criciúma neste sábado, às 16h30, no estádio Heriberto Hülse, em Criciúma (SC). Na Série A, o Atlético Paranaense estreia contra o Bahia neste domingo, às 16 horas, na Arena Fonte Nova, em Salvador.

O JOGO

Os times fizeram um primeiro tempo bastante equilibrado, com duas boas chances para cada lado. O técnico Vinícius Eutrópio tentou armar o Santa Cruz para pressionar o Atlético Paranaense, que se defendeu bem e teve as melhores oportunidades no contra-ataque. Se aproveitando do contragolpe, o clube visitante teve as melhores chances com Grafite.

O segundo tempo continuou agitado e muito aberto, com os dois times buscando o gol da vitória. Quem chegou primeiro desta vez. Porém, foi o Atlético Paranaense que acertou a trave com Sidcley. O Santa Cruz respondeu com Thomás, que, sozinho e dentro da área, chutou por cima do gol.

Depois de acertar a trave de Julio Cesar, o Atlético Paranaense teve outra boa chance de marcar. Aos 20 minutos, Sidcley foi derrubado dentro da área e o árbitro marcou pênalti, muito contestado. Na cobrança, Matheus Rossetto bateu no canto esquerdo do goleiro do Santa Cruz, que saltou para fazer a defesa. Nos minutos finais, o clube de Curitiba ficou acuado, mas conseguiu segurar o 0 a 0 para decidir em casa.

Mais conteúdo sobre:
futebol Copa do Brasil

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.