Site Oficial / Atlético-GO
Site Oficial / Atlético-GO

Atrás da reabilitação, Atlético-GO joga contra o Vasco no estádio Serra Dourada

Casa habitual da equipe, estádio Olímpico de Goiânia está reservada para Jogos Universitários

Estadão Conteúdo

18 Outubro 2017 | 06h26

O Atlético Goianiense ainda não engoliu a derrota por 3 a 1 para o Palmeiras no último final de semana, no estádio Olímpico Pedro Ludovico. O técnico João Paulo Sanches reconheceu que foi uma das piores atuações do time na temporada e garantiu que isso não irá se repetir. Nesta quarta-feira, o compromisso é contra o Vasco, novamente em Goiânia, mas desta vez no estádio Serra Dourada, às 19h30, pela 29.ª rodada do Campeonato Brasileiro.

+ Anderson Martins admite peso de baixas, mas confia na vitória do Vasco

A mudança do local do jogo se deu por dois motivos. Um deles pela realização do JUBS (Jogos Universitários Brasileiros) e outro porque a torcida vascaína é bem grande tanto nas regiões de Goiânia e Brasília e vai ter mais espaço no Serra Dourada. Talvez seja também por superstição.

Lanterna da competição, o Atlético Goianiense aparece com 26 pontos, mas ainda mantém o sonho de deixar a zona de rebaixamento. Mesmo porque tem ido muito bem no returno. E o primeiro time fora da zona de queda é a Chapecoense, com 32. "O Atlético perdeu este último jogo porque não se aproximou da perfeição. Sabíamos que somente assim teríamos condições de bater o Palmeiras por sua grandeza, por sua qualidade individual e também coletiva. Precisamos nos superar diante do Vasco", avisou João Paulo Sanches.

Expulso contra o Palmeiras, o zagueiro William Alves é o principal desfalque. Reserva imediato, Eduardo Bauermann já está escalado para atuar ao lado de Gilvan. O restante do time deve ser o mesmo. O que o treinador promete mudar é a postura do elenco dentro de campo. "Só jogando bem, com forte marcação e aproveitando as chances na frente, é que poderemos vencer", concluiu.

O volante Igor Henrique e o zagueiro Roger Carvalho seguem sob os cuidados dos médicos. Nem serão opções no banco de reservas.

Mais conteúdo sobre:
futebol Atlético Clube Goianiense

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.