Érico Leonan/São Paulo FC
Érico Leonan/São Paulo FC

Ausência de Cueva e Arboleda abre disputa por vagas no São Paulo

Bruno Alves é favorito para a zaga; Jucilei, Gomez, Thomaz, Maicosuel e Shaylon brigam por vaga do peruano

Matheus Lara, O Estado de S.Paulo

06 Outubro 2017 | 07h00

Sem poder contar com Cueva e Arboleda, que defendem suas seleções nas Eliminatórias da Copa e não devem retornar a tempo para a partida de quarta-feira do São Paulo, Dorival Junior poderá levar a campo contra o Atlético-MG na próxima quarta-feira um time com três novidades em relação ao último jogo.

+ Dorival cobra intensidade na marcação e nas jogadas de infiltração do São Paulo

Além das vagas dos jogadores de seleção, o treinador terá de optar entre Júnior Tavares e Edimar, que brigam pela lateral esquerda. A tendência é que Tavares, que cumpriu suspensão no último jogo do São Paulo, volte a ser titular. Apesar de ter a confiança da comissão técnica, pesa contra ele a pressão de ter sido responsabilizado pelo empate cedido ao Corinthians pela 25.ª rodada do Brasileirão, em que falhou no lance do gol de Clayson.

Na zaga, Bruno Alves sai na frente na disputa pela vaga de Arboleda. Ele já jogou ao lado de Rodrigo Caio e marcou gol no empate por 2 a 2 com a Ponte Preta, sua estreia com a camisa tricolor. Aderllan, que ainda não foi utilizado por Dorival, quer mostrar serviço. Lugano também é opção.

“A expectativa é grande”, reconhece Bruno Alves. “A gente vem trabalhando firme para corresponder às expectativas junto com todos os companheiros que estão à disposição para substituir o Arboleda. Quem for escolhido, vai representar bem.” 

No meio de campo, diversos jogadores lutam pela vaga de Cueva. Dorival tem a opção de manter o esquema de jogo atual, colocando Thomaz ou Shaylon no lugar no peruano, ou apostar em um esquema diferente, com Jucilei ou Gomez, deixando o time mais fechado, ou Maicosuel, de característica mais ofensiva.

Dorival faz mistério. Nos treinos desta semana até aqui, o treinador não esboçou um possível time e restringirá o acesso da imprensa nos treinos a partir desta sexta.

Mais conteúdo sobre:
São Paulo Futebol Clube

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.