1. Usuário
Assine o Estadão
assine
Copa 2014

Ausência de Neymar preocupa a Alemanha

Mateus Silva Alves - Enviado especial a Santa Cruz Cabrália - O Estado de S. Paulo

07 Julho 2014 | 05h 00

Para os alemães, seleção brasileira deve entrar mais motivada sem o seu principal jogador

Nenhum jogador da Alemanha soltou foguetes por causa da lesão que tirou Neymar da Copa do Mundo. Em primeiro lugar, evidentemente, por respeito ao companheiro de profissão. Em segundo lugar, porque a seleção europeia desconfia que vai enfrentar um adversário moralmente fortalecido pela ausência de seu melhor jogador, por estranho que pareça.

"Todos nós estamos muito tristes pelo que aconteceu com o Neymar. Devemos sempre lamentar quando os melhores jogadores não estão em campo", disse o volante Schweinsteiger. "Acreditamos que os jogadores brasileiros vão se unir ainda mais por causa do que aconteceu com o Neymar."

Schweinsteiger e seus colegas imaginam que os jogadores da seleção brasileira estarão mais motivados do que o normal por se sentirem obrigados a oferecer a vitória de presente a Neymar, o líder técnico da equipe de Luiz Felipe Scolari. Além disso, os alemães não sabem quem será o escolhido por Felipão para substituir o craque e isso acrescenta uma dificuldade na preparação para o jogo.

Arnd Wiegmann/Reuters
Alemanha deve repetir time que derrotou a França

VOLTA ÀS ORIGENS

No Mineirão, Joachim Löw deverá repetir a escalação que iniciou a partida contra a França, na última sexta-feira. Isso significa dizer que Philipp Lahm, capitão da equipe, será mantido na lateral direita, sua posição natural.

A comissão técnica da Alemanha vinha sendo muito criticada em seu país pela escalação de Lahm como volante, mas agora argumenta que isso só aconteceu porque Schweinsteiger e Khedira não estavam em condições de disputar uma partida inteira. Como os dois jogadores estão em melhor forma física, não existe mais a necessidade de utilizar o capitão no meio de campo. Além disso, Klose provavelmente será mantido na equipe, com Thomas Müller aberto pelo lado direito.

Copa 2014