Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Esportes

Esportes » Banfield diz que denunciará Atlético-MG e Cazares à Fifa

Futebol

esportes

futebol

Banfield diz que denunciará Atlético-MG e Cazares à Fifa

O Banfield promete recorrer à Fifa para melar a transferência do equatoriano Juan Cazares para o Atlético-MG. Horas depois de o meia ser apresentado na Cidade do Galo, o clube argentino emitiu nota oficial dizendo que é o proprietário dos direitos federativos do jogador e não autorizou a transferência.

0

Estadão Conteúdo

05 Janeiro 2016 | 12h06

A alegação do Banfield é de que o clube fez valer a cláusula contratual que lhe permitia comprar 50% dos direitos econômicos de Cazares junto ao Independente Del Valle, do Equador, até o último dia 31 de dezembro. O meia até então estava emprestado.

"O Banfield deixa esclarecido que, com data de 15 de dezembro de 2015, emitiu uma notificação ao Atlético Mineiro, indicando-lhe que se abstivesse de iniciar negociação com Cazares, uma vez que ele tinha contrato vigente até a temporada 2018. Oportunamente, o Atlético Mineiro respondeu que estava ciente e que havia desistido de prosseguir a negociação", disse o clube, em nota.

Os argentinos dizem que iniciarão as ações legais cabíveis junto à Fifa pedindo sanções esportivas ao jogador e ao Atlético-MG, uma vez que a negociação aconteceu enquanto o equatoriano pertencia ao Banfield. O clube pedirá indenização ao Atlético e a Cazares pela ruptura "injustificada" do contrato.

O Banfield ainda diz que irá à Justiça contra o Independiente del Valle, que teria feito valor os interesses de "investidores terceiros", indo contra o que manda a Fifa. O clube argentino diz que possui prova disso. Além disso, critica o fato de Cazares ser agenciado por Jorge Marino, ligado à Full Play, empresa denunciada no âmbito do ''FifaGate''.

Mais conteúdo sobre:

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.