Bangu e Ponte Preta ficam no empate

Bangu e Ponte Preta empataram, por 1 a 1, em Moça Bonita, neste sábado à tarde, pelo Torneio Rio São Paulo. O resultado pouco alterou as situações dos dois times dentro da competição. O Bangu continua na penúltima posição, com sete pontos, enquanto a Ponte chega aos 16 pontos, igualando-se ao rival Guarani e dividindo a última posição entre os clubes paulistas. A Ponte ainda leva uma pequena vantagem no saldo de gols. Tem zero contra um negativo do rival. Os dois times lutam contra o rebaixamento e se enfrentam na próxima rodada, no dérbi campineiro. O Bangu comemorou a manutenção de um pequeno tabu, porque não perde da Ponte desde 1995. O primeiro tempo foi disputado debaixo de muito calor e no ritmo de amistoso. A Ponte teve o domínio territorial do meio-campo, mas criou poucas chances reais para finalizar. Logo no começo do segundo tempo, o Bangu fez seu gol, aos quatro minutos. Bruno Suzano fez o cruzamento, na medida, para a cabeçada de Bruno Lazaroni, filho do técnico Sebastião Lazaroni. Este gol deixou o time campineiro desarticulado em campo. O técnico Vadão ainda tentou fazer algumas mudanças como a entrada de Adrianinho no lugar de Dionísio, mas nada funcionou. A única alternativa ofensiva que restou foi mesmo o jogo aéreo com o centroavante Washington. O empate, porém, saiu aos 40 minutos quando Adrianinho cobrou escanteio e o atacante Lucas se antecipou à defesa para tocar de cabeça.

Agencia Estado,

30 Março 2002 | 18h06

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.