Staff Imagens / Flamengo
Staff Imagens / Flamengo

Barbieri elogia o Fla e espera julgamento para confirmar Guerrero contra o Inter

Técnico exalta Henrique Dourado, autor do gol da vitória diante da Ponte Preta na Copa do Brasil

Estadão Conteúdo

03 Maio 2018 | 09h14

O técnico Mauricio Barbieri afirmou ter ficado satisfeito com o desempenho exibido pelo Flamengo na vitória por 1 a 0 sobre a Ponte Preta, na noite desta quarta-feira, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, no duelo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil. Com o resultado, o time rubro-negro terá a vantagem de poder atuar por um empate no confronto de volta, na próxima quinta, no Maracanã.

+ Flamengo vai registrar B.O. para evitar novos atos violentos da torcida

"Dentro do tempo que a gente teve para trabalhar e do que apresentamos no jogo, eu estou satisfeito", afirmou o comandante, em entrevista coletiva, se referindo às viagens e aos vários jogos disputados em sequência pela equipe carioca, fato que consequentemente reduziu o número de treinamentos para este duelo.

Barbieri ainda enalteceu o papel decisivo do atacante Henrique Dourado, que fez o gol desta vitória sobre a Ponte Preta e ainda desempenhou com eficiência a função tática pedida pelo treinador. "Ele está lá pra isso. Tem lutado muito, ajudado muito na marcação, buscando o jogo por dentro, que não é sua característica, e estou bastante satisfeito com o rendimento dele", disse o técnico.

O treinador também admitiu que espera poder escalar Paolo Guerrero na partida de domingo, contra o Internacional, às 16 horas, no Maracanã, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. O atacante está sendo julgado na manhã desta quinta, em Lausanne, na Suíça, pela Corte Arbitral do Esporte (CAS, na sigla em inglês).

Punido por doping, o jogador tem a sua suspensão de seis meses expirando justamente nesta quinta, mas a defesa do atleta pede que ele seja absolvido de culpa neste caso, enquanto a Agência Mundial Antidoping (Wada, na sigla em inglês) cobra a aplicação de uma pena mais pesado, o que poderia impedir o atacante de defender a seleção peruana na Copa do Mundo, que começa no próximo dia 14 de junho.

"O julgamento é importante não só para o Paolo Guerrero, mas para todos nós. Vamos ver como ele vai voltar de viagem e, se estiver em condições, a gente avalia se ele pode ou não ir para o jogo de domingo", afirmou Barbieri, se referindo ao atleta que está participando desta audiência final sobre o seu caso, nesta quinta, na Suíça.

Mais conteúdo sobre:
futebol Copa do Brasil Flamengo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.