Barça pode renovar com Ronaldinho Gaúcho por 'dedicação'

Avaliação, no caso dele, não é econômica, mas 'esportiva e pessoal', tendo sido sempre um ótimo negócio

EFE

22 Fevereiro 2008 | 11h41

O novo vice-presidente do Barcelona, Marc Ingla, disse nesta sexta-feira que a renovação do meia-atacante brasileiro Ronaldinho Gaúcho poderá ser concretizada pelo fato de a diretoria do clube estar "muito contente com sua dedicação". O diretor de futebol do clube fez estas declarações em entrevista publicada pelo jornal espanhol Sport, e também falou ao Mundo Deportivo. No Mundo Deportivo, Ingla também garantiu que todos os jogadores do Barcelona "conhecem o código interno" e que todos eles "assinaram", além de afirmar que a aplicação do mesmo cabe exclusivamente ao treinador, Frank Rikjaard. O vice-presidente de Finanças do Barcelona, Ferran Soriano, disse no dia 14 que no caso do jogador brasileiro não existem "considerações econômicas", apenas "esportivas e pessoais", além de ressaltar que, independentemente do futuro, a contratação do brasileiro foi "um bom negócio" para ambas as partes. "Falo freqüentemente com o agente de Ronaldinho Gaúcho. Acho que quando faltarem dois anos para o fim de seu contrato será o momento de falar de renovação. A partir da metade deste ano entraremos em negociações. Não há pressão", destacou.

Mais conteúdo sobre:
FC Barcelona Ronaldinho Gaúcho

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.