Yuto Shino/Reuters
Yuto Shino/Reuters

Barcelona acerta valor e encaminha contratação do meia Paulinho, diz jornal

Clube catalão deve tirar jogador da seleção brasileira do futebol chinês por cerca de R$ 150 milhões

O Estado de S. Paulo

12 Agosto 2017 | 15h14

Logo depois de vender Neymar, o Barcelona deve contar no elenco com outro destaque da seleção brasileira para a próxima temporada. O clube catalão deve pagar o valor da multa rescisória e tirar o meia Paulinho do Guangzhou Evergrande, da China, por cerca de 40 milhões de euros, (R$ 150 milhões), enquanto também tenha contratar outro compatriota, Philippe Coutinho, do Liverpool.

Segundo o jornal inglês Daily Mail, o Barcelona fez seguidas investidas por Paulinho e aposta que o clube chinês vai ceder pois receberá o valor da multa rescisória para cobrir a saída do jogador. Caso se a transferência se confirme, será o segundo time europeu em que o ex-corintiano vai atuar. Antes, teve passagem pelo Tottenham, da Inglaterra.

O Guangzhou Evergrande deve receber o valor pago pelo Barcelona como transferência, e não como multa, para evitar impostos. Paulinho está desde 2015 no futebol da China, para onde foi depois de duas temporadas no Tottenham. Além de conquistas no futebol asiático, como a Liga dos Campeões do continente, o jogador voltou a ser convocado pela seleção brasileira e virou titular do técnico Tite.

Depois de receber mais de R$ 800 milhões para ceder Neymar ao Paris Saint-Germain, da França, o Barcelona não vai se contentar apenas com a possível contratação de Paulinho. Fora as tentativas por Philippe Coutinho, a equipe quer o meia francês Ousmane Dembélé, de 20 anos, que defende o Borussia Dortmund, da Alemanha.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.