1. Usuário
Assine o Estadão
assine
Liga dos Campeões

Barcelona e Atlético de Madrid empatam com gols de Diego e Neymar

AE - Agência Estado

01 Abril 2014 | 17h 48

Rivais espanhóis mostram equilíbrio no primeiro duelo das quartas de final da Liga dos Campeões

BARCELONA - Barcelona e Atlético de Madrid deram mais uma prova do equilíbrio existente entre eles e ficaram no empate pela quarta vez nesta temporada, em quatro jogos entre as equipes. No confronto mais importante até o momento, pelas quartas de final da Liga dos Campeões, no Camp Nou, nesta terça-feira, os brasileiros decidiram. Diego marcou para os madrilenhos em lindo chute de fora da área e Neymar deixou tudo igual na sequência. No fim, o 1 a 1 ficou melhor para o Atlético, que jogará por um empate sem gols na volta, dia 9 de abril, no Vicente Calderón.

Sob os olhares atentos de Luiz Felipe Scolari, técnico da seleção brasileira, e Vicente del Bosque, treinador Espanha, ambos presentes no estádio, Barcelona e Atlético fizeram um jogo equilibrado. Os catalães comandaram a posse de bola ao longo dos 90 minutos, mas não levaram tanto perigo ao gol de Courtois graças à forte marcação adversária. O resultado mostrou porquê as duas equipes duelam cabeça a cabeça pelo título espanhol - atualmente o Atlético lidera com 76 pontos, um à frente do Barça.

O Atlético de Madrid começou melhor nesta terça e teve grande chance com David Villa. O goleiro José Pinto saiu jogando mal, Arda Turán recuperou e tocou para o atacante, que, de frente para o gol, perdeu. O Barcelona respondeu na sequência, em grande jogada de Messi, que achou Iniesta na área. Godín apareceu bem e travou a finalização.

Ainda no primeiro tempo, as duas equipes perderam nomes importantes. Piqué disputou bola pelo alto, caiu de mau jeito e precisou ser substituído por Bartrá. Aos 27 minutos, Diego Costa arrancava sozinho quando sentiu a parte posterior da coxa direita e deixou o campo para a entrada do meia brasileiro Diego. A lesão do atacante foi diferente do problema no joelho esquerdo sentido na terça, quando se tornou dúvida para o confronto.

O segundo tempo começou novamente com o jogo amarrado e o Barcelona no comando da posse. O gol só poderia sair em um momento de genialidade. Mas não foi Neymar, Xavi, Iniesta ou Messi o autor deste lance. O diferencial saiu do lado do Atlético. Aos dez minutos, Diego recebeu cobrança de falta na intermediária, cortou para a direita e, mesmo de uma posição pouco indicada para bater, encheu o pé. A bola pegou uma curva e entrou no ângulo esquerdo de Pinto: um golaço.

O Barcelona tentou responder na mesma moeda e, aos 18 minutos, Busquets exigiu grande defesa de Courtois em chute de longe. Sem entrar na área adversária, Tata Martino chamou Alexis Sánchez para entrar em campo. Parecia ser o fim da linha para Neymar, que estava apagado e vive fase conturbada, mas foi Fàbregas quem deixou o campo. A decisão do treinador se mostraria acertada minutos depois.

Aos 25 minutos, o Barcelona apertou a saída de bola do Atlético, Busquets retomou e passou para Iniesta. O meia, então, mostrou toda sua genialidade e deu enfiada perfeita, entre quatro jogadores, para Neymar. O brasileiro, sozinho, de frente para Courtois, bateu cruzado e empatou.

O gol empolgou os donos da casa, que seguiram em cima e levando perigo em chutes de fora. Courtois, então, mostrou porquê tem sido um dos grandes goleiros europeus desta temporada. Aos 28 minutos, espalmou chute forte de Iniesta. Já aos 40, desviou cobrança de falta quase perfeita de Messi, garantindo a igualdade.

Liga dos Campeões

Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo