Jorge Guerrero/AFP - 8/4/2016
Jorge Guerrero/AFP - 8/4/2016

Barcelona recorre à CAS para contar com Neymar no clássico com Real

Time catalão age após ter recurso negado no Comitê de Apelação da Real Federação Espanhola de Futebol

Estadao Conteudo

21 Abril 2017 | 13h10

O Barcelona ainda não desistiu de contar com Neymar no clássico com o Real Madrid, no domingo, pelo Campeonato Espanhol. Depois de ter seu recurso negado no Comitê de Apelação da Real Federação Espanhola de Futebol, o time catalão recorreu da decisão nesta sexta-feira na Corte Arbitral do Esporte (CAS, na sigla em inglês).

O brasileiro foi punido ao ser expulso na partida contra o Málaga, no dia 8 deste mês. Além da suspensão automática, já cumprida na vitória sobre a Real Sociedad, no último sábado, Neymar pegou outras partidas de gancho. Assim, se a CAS não mudar a decisão, ele está fora do clássico.

"Uma vez que o Comitê de Apelação rejeitou o recurso do Barcelona sobre a punição de três partidas dada a Neymar, o clube recorrerá da decisão na Corte Arbitral do Esporte", comunicou o time catalão em seu site oficial.

Segundo lembrou o Barcelona, o atacante foi expulso ao receber dois cartões amarelos - o primeiro por não respeitar a distância na cobrança de uma falta e o segundo por derrubar o adversário em uma disputa de bola.

"Além disso, está na ata (da partida) que Neymar, após ser expulso e quando estava no túnel de vestiário, dirigiu-se com aplausos ao quarto árbitro." O clube, assim, alegará à CAS que não há razão para uma punição de três jogos.

A insistência do Barcelona em contar com Neymar deve-se à importância da partida, afinal, o clássico no Santiago Bernabéu, em Madri, pode definir o campeonato. O Real, líder do Espanhol, tem 75 pontos e um jogo a menos, contra 72 do Barcelona. Assim, se o time catalão vencer, poderá seguir sonhando com o título.

Mais conteúdo sobre:
futebol Neymar Barcelona Real Madrid

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.