1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail
Futebol Internacional

Barcelona sai atrás, mas vence o Bilbao e avança na Copa do Rei

- Atualizado: 27 Janeiro 2016 | 22h 40

Neymar marca golaço em vitória por 3 a 1 no Camp Nou

O dia foi atípico na Espanha. O Barcelona, mesmo com Messi, Neymar e Suárez entre os titulares, saiu atrás e sofreu para vencer o Athletic Bilbao por 3 a 1 pelas quartas de final da Copa do Rei, no Camp Nou. Na outra partida da rodada, um pouco mais cedo, o Atlético de Madrid levou 3 a 2 do Celta em pleno Vicente Calderón e viu o time de Vigo avançar à semifinal.

Em Barcelona, o técnico Luis Enrique só poupou Iniesta, Busquets (ficaram no banco) e Arda Turan, dando continuidade a um rodízio que só é possível pela qualidade do elenco. Suárez, Messi e Neymar, que só entraram em campo uma vez cada nos últimos 10 dias, estavam juntos de novo.

A única vez que o trio havia sido escalado completo fora na goleada por 6 a 0 sobre o próprio Athletic Bilbao pelo Campeonato Espanhol, dia 17. Na partida de ida da semifinal da Copa do Rei, só Neymar jogou e os bascos ameaçaram bastante, apesar da vitória catalã por 2 a 1.

Neymar fez nova pintura pelo Barcelona
Neymar fez nova pintura pelo Barcelona

Sem nada a perder, o Bilbao jogou no ataque durante todo o primeiro tempo no Camp Nou e criou inúmeras chances de marcar. Abriu o placar aos 12 minutos, num belo gol de Iñaki Williams, que recebeu de Aduriz, driblou Ter Stegen e, mesmo todo torto, conseguiu mandar para o gol.

Não fosse o goleiro alemão e as falhas de finalização do ataque basco, o Bilbao poderia ter ido para o intervalo com dois ou até três gols de vantagem. Logo no início do segundo tempo, entretanto, o Barcelona conseguiu o empate, com Suárez completando o cruzamento de Messi.

Com a partida equilibrada, o Barcelona passou a criar chances para virar, ao mesmo tempo em que passou a dar menos espaços atrás. O desafogo, entretanto, só veio aos 36 minutos, quando Piqué marcou de cabeça e definiu o confronto. No último minuto, Neymar ainda marcou um golaço, em jogada individual, e fechou o placar em 3 a 1.

ATLÉTICO DE MADRID CAI

Talvez mais atípico do que o sufoco que levou o Barcelona foi a forma que o Atlético de Madrid perdeu par ao Celta. A equipe da capital, que tem uma das melhores defesas do mundo, não levava gols há cinco partida. Fazia um ano que não sofria três gols num mesmo jogo - desde que perdeu de 3 a 2 para o Barcelona, com dois de Neymar, pelas quartas de final da Copa do Rei do ano passado.

Nesta quarta-feira, o chileno Pablo Hernández abriu o placar no Vicente Calderón para o Celta. Griezmann empatou, mas Guidetti voltou a colocar o Celta na frente, já na segunda etapa. O próprio Hernández fez o terceiro.

A reação só veio a nove minutos do fim, com Angel Correa. Como havia empatado sem gols em Vigo, o Atlético precisava da virada, que não veio. Já são três temporadas que o time de Diego Simeone não vai à final da Copa do Rei. O Barça esteve nas últimas duas e em quatro das cinco mais recentes.

Nesta quinta-feira, o Mirandes recebe o Sevilla, enquanto o Valência vai até as Ilhas Canárias para pegar o Las Palmas. O sorteio dos confrontos semifinais será na sexta-feira.

Futebol Internacional
Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em EsportesX