Assine o Estadão
assine

Esportes

Futebol

Bauza admite falhas do São Paulo, mas promete time melhor na quarta

Técnico quer corrigir controle de bola e falta de ofensividade

0

O Estado de S. Paulo

31 Janeiro 2016 | 07h00

O técnico Edgardo Bauza, do São Paulo, prometeu neste sábado, após o empate em 1 a 1 com o Red Bull na estreia pelo Campeonato Paulista, que a equipe vai apresentar uma atuação melhor na quarta-feira, pela pré-Libertadores. De acordo com o argentino, o primeiro jogo oficial do time na temporada mostrou aspectos que vão precisar ser melhorados até o confronto no meio de semana.

O adversário será o Cesar Vallejo, em partida na cidade de Trujillo, no Peru. "No lado tático a equipe esteve bem, não se desorganizou nunca, manteve um bom posicionamento. Mas para ganhar o jogo faltou mais controle de bola e profundidade. Vamos tentar melhorar isso nos próximo dias", comentou o treinador em entrevista coletiva no estádio Moisés Lucarelli.

Técnico argentino afirma que vai corrigir falhas até quarta-feira

 

O time abriu o placar no fim do primeiro tempo com Ganso, de cabeça, e permitiu o empate na etapa final, com Roger, de pênalti. O objetivo do técnico era diminuir os gols sofridos do time, mas o resultado não desanimou Bauza, que elogiou o sistema de marcação. "A defesa esteve sólida. A equipe tem melhorado na marcação e a combatividade tem sido boa. Recuperamos muitas bolas", afirmou.

Para se preparar para a Libertadores, a comissão técnica cancelou a folga dos jogadores neste domingo. O elenco treina no CT da Barra Funda, trabalha também na segunda-feira e no dia seguinte, viaja ao Peru em voo fretado. A programação diferente da viagem tenta minimizar o desgaste com possíveis escalas em aeroportos até chegar ao local da partida.

"Libertadores é diferente, mas hoje (sábado) serviu para ver onde estamos errando, além de melhorar questões. O jogo aéreo nos deu um gol, o que é otimo. Há coisas para melhorar e essa partida nos serviu muito para montar o time", disse o argentino sobre a primeira partida oficial do clube em 2016. "Tínhamos condição de sairmos com a vitória. Tomamos um gol de pênalti e não matamos a partida quando tivemos as chances. Tem que levantar a cabeça e saber que temos potencial para melhorar a cada partida", comentou o atacante Alan Kardec.

Mais conteúdo sobre:

Comentários