Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Esportes

Esportes » Bauza confirma Argentina com sete mudanças e Pratto titular para pegar a Bolívia

Futebol

David Fernandez / EFE

Bauza confirma Argentina com sete mudanças e Pratto titular para pegar a Bolívia

Treinador diz privilegiar a inteligência ao entrar com formação mais defensiva

0

Estadao Conteudo

27 Março 2017 | 12h30

A seleção argentina entrará em campo totalmente modificada para encarar a Bolívia nesta terça-feira, em La Paz, pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018. Em meio a muitos desfalques e também por opção, o técnico Edgardo Bauza promoverá sete alterações em relação à vitória por 1 a 0 sobre o Chile, incluindo a entrada do são-paulino Lucas Pratto.

O atacante atuará ao lado de Lionel Messi, por causa da ausência de Gonzalo Higuaín, suspenso. Prestigiado com Bauza, Pratto já foi titular em outras três oportunidades nestas Eliminatórias, contra Uruguai, Venezuela e Colômbia.

Na altitude de La Paz, Bauza entrará em campo com outro sistema tático, mais defensivo. Pior para Agüero, que foi sacado da equipe e voltará a ficar como opção no banco. Em seu lugar, o treinador vai escalar Enzo Pérez, meio-campista com funções mais defensivas.

Dos três atacantes utilizados contra o Chile na quinta, aliás, a Argentina passará a ter três volantes. Com as ausências de Mascherano e Lucas Biglia, suspensos, Bauza mudará praticamente todo o setor. Pérez, Banega e Guido Pizarro atuarão no meio de campo, com somente Di María mais avançado.

"Queremos ganhar em La Paz, mas todos sabemos que não é fácil. A altitude é importante. A Bolívia vai jogar como sempre, chegando com muita gente e lançando de um lado para o outro. Temos que ser inteligentes para equilibrar a partida, não jogar pau a pau, seria uma loucura. A Argentina sempre joga para ganhar, mas planejamos de acordo com cada rival", explicou Bauza.

Para encarar a Bolívia, a seleção argentina também terá mudanças na defesa, mas estas todas por necessidade. Sem os laterais Mercado e Emmanuel Mas, lesionados, e o zagueiro Otamendi, suspenso, Bauza promoverá à titularidade Roncaglia, pela direita, Musacchio e Funes Mori, na zaga, e deslocará Rojo para a esquerda.

Somente Romero, Rojo, Di María e Messi seguirão na equipe, que terá no banco uma novidade: o atacante Dybala, recuperado de lesão. Em meio a críticas pelo desempenho da Argentina nos últimos jogos, Bauza minimizou e se mostrou satisfeito com seus comandados, principalmente no setor defensivo.

"Defensivamente, a equipe jogou muito bem contra o Chile, que não conseguiu criar perigo", disse o treinador, que avisou. "Na America do Sul, é muito difícil a disputa para classificar ao Mundial. O primeiro objetivo é buscar esta vaga. Se conseguirmos, teremos mais tempo para planejar algo."

Mais conteúdo sobre:

Encontrou algum erro? Entre em contato

0 Comentários

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.