Assine o Estadão
assine

Esportes

Edgardo Bauza

Bauza vai tirar os 'insatisfeitos' do time titular do São Paulo

Quem não estiver se esforçando ficará no banco de reservas

0

Ciro Campos,
O Estado de S. Paulo

07 Março 2016 | 07h00

Edgardo Bauza detectou novo problema no São Paulo: a desmotivação. Por isso, o técnico já indicou mudanças no time para enfrentar o River Plate, quinta, pela Libertadores, fora de casa. O argentino só apostará em quem demonstrar entusiasmo.

"Quinta-feira é um jogo que vai definir o semestre. Essa é a realidade. Tem de ter consciência disso. Cada um vai dar o máximo de si", resumiu o zagueiro Diego Lugano, que ainda não está confirmado no jogo.

Após a derrota de virada por 3 a 1 para o São Bernardo, pelo Paulista, sábado, Bauza sucumbiu. Estava decepcionado. Além de assumir a responsabilidade pela derrota, disse que o São Paulo vai precisar se apoiar na tradição e no histórico do time para conseguir um bom resultado em Buenos Aires.

"Talvez a camisa possa jogar pela história dela. Quem coloca esta camisa tem de jogar o que tem de jogar. Quem não estiver motivado, sairá do time", afirmou Bauza, sem ainda citar nomes das possíveis trocas.

Bauza admitiu ter errado nas substituições sábado, pois segundo ele, a equipe se desorganizou e passou a dar espaço para o rival. Adiantou que a postura do São Paulo na quinta será cautelosa. "Vamos contra-atacar para ganhar. É a ideia que temos. Vamos tentar nos recuperar deste golpe. Não era o que pensávamos para o jogo."

O São Paulo usou seus titulares contra o São Bernardo para testar a formação e conquistar um resultado convincente que desse mais confiança. Ocorre que a derrota desanimou o elenco. "Queríamos vencer para chegarmos embalados na Argentina. Não aconteceu. É corrigir os erros agora", disse Rodrigo Caio. "Temos todos de nos ajudar, porque não podemos continuar jogando deste jeito", completou o goleiro Denis.

Pontuar em Buenos Aires é fundamental pela situação do tricolor. A derrota no primeiro jogo em casa, aliado às duas vitórias do The Strongest, deixou o São Paulo em situação difícil.

Comentários