Beckenbauer apóia reeleição de Blatter

O alemão Franz Beckenbauer, presidente do Bayern de Munique e do Comitê Organizador da Copa de 2006, disse neste sábado que torcerá para o suíço Joseph Blatter se reeleger presidente da Fifa, na eleição marcada para o dia 29 de maio em Seul. Para Beckenbauer, as acusações feitas contra Blatter não têm fundamento. "Quatro anos depois da eleição, aparecem dois dirigentes da Somália dizendo que houve compra de votos em 98. Por que eles não fizeram essa denúncia antes?", questionou. "Duvido que tenha havido alguma irregularidade na eleição passada." O dirigente alemão também defendeu o presidente da Fifa no caso dos prejuízos causados à entidade pela quebra da empresa suíça de marketing esportivo ISL. "Blatter não pode ser responsabilizado pela falência da empresa." No meio da semana, o presidente da Federação Alemã de Futebol, Gerhard Mayer-Volfelder, havia declarado que votará em Blatter na eleição deste ano. O outro candidato é o camaronês Issa Hayatou. Beckenbauer desmentiu os rumores de que estaria disposto a se candidatar à presidência da Fifa em 2006. "O que posso dizer hoje é que não tenho a intenção de me candidatar em 2006. Quero trabalhar para que o Mundial na Alemanha seja um grande sucesso. Depois, se tudo tiver corrido bem, pretendo descansar nas montanhas e jogar golfe para relaxar." Beckenbauer foi campeão mundial em 74 como jogador e em 90 como treinador.

Agencia Estado,

23 Março 2002 | 13h40

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.