Boa ganha do Luverdense fora de casa, respira e complica o rival

Thaciano, aos 41 minutos do primeiro tempo, fez o único gol da partida em Lucas do Rio Verde

Estadão Conteúdo

15 Novembro 2017 | 00h10

A luta do Luverdense para fugir do rebaixamento ficou ainda mais desesperadora. O clube do Mato Grosso foi derrotado por 1 a 0, em casa, pelo Boa, nesta terça-feira, pela 36.ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Mesmo atuando no estádio Passo das Emas, em Lucas do Rio Verde (MT), o time de Varginha (MG) praticamente garantiu a sua permanência na Série B do ano que vem.

+ Internacional empata com Oeste em Barueri e confirma volta à Série A

+ Londrina vence, continua com chances de subir e complica Guarani

+ Sem chance de queda, Criciúma fica no 0 a 0 com o rebaixado Náutico

Com a derrota, o Luverdense segue na zona de rebaixamento com 40 pontos, a três do Guarani, primeiro time fora da degola. Já o Boa vai a 46 pontos, ficando em 11.º lugar, com uma vantagem de seis pontos e seis posições para a zona da degola.

Os times fizeram um primeiro tempo de muitas chances de perigo. As primeiras grandes oportunidades foram do Luverdense. Aos dois minutos, Marcos Aurélio cobrou falta com perigo. Após os mandantes perderem nova chance aos 16, o Boa respondeu aos 24, com cruzamento venenoso de Escobar, mas a bola foi para fora.

O jogo ficou lá e cá. Aos 25 minutos, Marcos Aurélio fez outra boa falta e o goleiro teve que trabalhar. Aos 33 foi a vez do Boa assustar com a bola parada de Reis, que passou tirando tinta.

Após ver o Luverdense acertar o travessão aos 34 minutos com Rafael Ratão, os visitantes reagiram e abriram o placar aos 41. Em contra-ataque, Thaciano apareceu para empurrar para o gol. Para evitar o empate, o goleiro Fabrício fez grande defesa no último lance do primeiro tempo, em chute de Aderlan de primeira.

Com muitos erros de passes, o ritmo do jogo diminuiu na segunda etapa. Com o Boa no campo de defesa, o Luverdense encontrou dificuldades para furar o bloqueio adversário. Aos cinco minutos, os mandantes assustaram em cabeceio de Aderlan, que foi para fora. Já aos 25 foi a vez de Marcos Aurélio arriscar em falta de longe e contar com desvio, mas Fabrício caiu para defender.

Desesperado, o Luverdense tentou atacar de todas as formas nos minutos finais, enquanto que o Boa se fechou na defesa e, quando possível, tentou prender a bola no campo de ataque. A reta final do confronto foi tensa e ficou na vitória importante do clube mineiro.

Na 37.ª e penúltima rodada, o Luverdense jogará fora de casa contra o Guarani, no estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas (SP), às 19h15 desta sexta-feira, quando pode ser rebaixado se perder. Já o Boa vai enfrentar o Brasil, de Pelotas (RS), no estádio Dilzon Melo, em Varginha, às 17h30 deste sábado.

FICHA TÉCNICA

LUVERDENSE 0 x 1 BOA

LUVERDENSE - Diogo Silva; Aderlan, Pablo, William e Paulinho; Ricardo, Moacir (Roni) e Marcos Aurélio; Rafael Ratão, Rafael Silva (Erik) e Sérgio Mota (Léo Cereja). Técnico: Júnior Rocha.

BOA - Fabrício; Paulinho, Caíque, Douglas Assis e Elivelton Lima; Escobar, Geandro, Alyson (Lucas Hulk), Thaciano (Wesley) e Reis; Rodolfo (Diones). Técnico: Sidney Moraes.

GOL - Thaciano, aos 41 minutos do primeiro tempo.

CARTÃO AMARELO - Geandro (Boa).

ÁRBITRO - Héber Roberto Lopes (SC).

RENDA - R$ 14.495,00.

PÚBLICO -  2.199 pagantes (2.499 no total).

LOCAL - Estádio Passo das Emas, em Lucas do Rio Verde (MT).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.