Daniel Hott/América
Daniel Hott/América

Boa reage e empata por 2 a 2, mas América-MG recupera a vice-liderança da Série B

Equipe mineira sai na frente, mas permite que adversário igualasse o placar nos minutos finais

Estadão Conteúdo

28 Outubro 2017 | 19h18

O América-MG desperdiçou a chance de vencer o Boa neste sábado no estádio Dilzon Melo, na cidade de Varginha, no sul de Minas Gerais. Abriu vantagem de dois gols e permitiu o reação do time da casa nos últimos minutos, inclusive empatando por 2 a 2 com um gol aos 49. Bill fez os dois gols americanos, enquanto que Thaciano marcou para os mandantes, todos no segundo tempo.

+ Confira a tabela da Série B do Campeonato Brasileiro

O resultado deixou o América-MG na vice-liderança com 57 pontos, um na frente do Paraná. O time de Belo Horizonte bobeou, mas parece bem perto de voltar à elite em 2018. O Boa completou seis jogos sem vitória, com duas derrotas e quatro empates. Somou um ponto importante na sua luta contra o rebaixamento porque agora soma 40.

O jogo começou equilibrado e o Boa chegou de forma aguda pela primeira vez aos 20 minutos. Após escanteio da esquerda, Douglas Assis subiu bem de cabeça e testou. A bola explodiu no travessão e voltou nos seus pés, mas ele isolou por cima. O visitante marcava bem, mas não teve nenhuma chance real para marcar.

No começo do segundo tempo, porém, o América-MG saiu na frente. Felipe Amorim iniciou a jogada pela direita e levantou na área, onde Bill apareceu para tocar de cabeça para as redes. Isso aos dois minutos. Quatro minutos depois, Júlio Santos perdeu a bola na frente da área para Felipe Amorim. Na tentativa de recuperar a bola, já dentro da área, empurrou o adversário e cometeu pênalti. Bill foi perfeito na cobrança, batendo rasteiro no canto esquerdo do goleiro Fabrício, que só ficou olhando.

Depois disso, o Boa tentou ir ao ataque, mas de forma desorganizada. Sobrou espaços para os americanos tentarem aumentar o placar. Aos 13 minutos, o zagueiro Messias quase marcou de cabeça não fosse grande defesa de Fabrício. Aos 25, Felipe Amorim desceu em velocidade e de dentro da área chutou para fora.

Com o placar garantido, o América-MG valorizou a posse de bola e priorizou a marcação. Mas também se acomodou e deu ânimo para o Boa, que diminuiu aos 38 minutos. Após falta da intermediária, Casagrande ajeitou de cabeça na segunda trave e do outro lado Thaciano apareceu para completar para as redes também de cabeça.

O que parecia um jogo fácil para o América-MG, de repente ficou tenso nos últimos minutos. Já nos acréscimos, o goleiro Fernando Leal fez boa defesa em um chute de Casagrande. Mas ele não conseguiu segurar uma cabeçada de Thaciano, aos 49, e Boa conseguiu o empate.

Os dois times voltam a campo no próximo sábado pela 33.ª rodada. O Boa vai receber o Londrina, enquanto que o América-MG vai até Campinas (SP) para enfrentar o Guarani. Ambos começam às 17h30.

FICHA TÉCNICA:

BOA 2 x 2 AMÉRICA-MG

BOA - Fabrício; Ruan (Igor), Júlio Santos, Douglas Assis e Foguinho; Escobar, Diones (Casagrande), Thaciano e Felipe Matheus; Reis (Gil) e Rodolfo. Técnico: Nedo Xavier.

AMÉRICA-MG - Fernando Leal; Norberto, Messias, Rafael Lima e Giovanni; Ernandes, Juninho, Ruy (Zé Ricardo) e Gerson Magrão (Mike); Felipe Amorim (Hugo Cabral) e Bill. Técnico: Enderson Moreira.

GOLS - Bill, aos 2 (pênalti) e aos 7, e Thaciano, aos 38 e aos 49 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Douglas Assis e Júlio Santos (Boa); Gerson Magrão e Norberto (América-MG).

ÁRBITRO - Dyorgines Jose Padovani de Andrade (ES).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio Dilzon Melo, em Varginha (MG).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.